terça-feira, 11 de julho de 2017

O PODER DA GRATIDÃO



Olá Pessoal, 

Hoje quero compartilhar um episódio muito especial que aconteceu comigo há alguns anos, bem no início da minha carreira. Eu era Secretária em uma Grande empresa Pública, onde trabalhava em regime de contrato temporário. Iniciei nessa empresa como estagiária e após um ano fui contratada. Eu era muito feliz com o trabalho que realizava e era reconhecida pelos meus gestores, que sempre me apoiavam. Mas meu salário era muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito baixo - isto porque meu contrato, embora já tivesse concluído o nível superior - permanecia como nível médio - o que dificilmente permitia que eu conseguisse honrar com todas as minhas contas do mês. "Praticamente vendia o almoço pra pagar o jantar". Foram anos de muitas dificuldades e provações. Após 6 anos nesse Órgão veio a notícia: Os contratos temporários não seriam renovados. Isto porque o quadro já estava completo por Servidores Públicos. Foi então que fui convidada por um Executivo de um grande empresa para participar de um processo seletivo para o Cargo de Secretária Executiva e após 3 meses de entrevistas e testes eu passei.

Mas essa história vocês já conhecem é não sobre isso que quero falar hoje. 

Eis que durante o processo de seleção, a empresa responsável pelo recrutamento, me perguntou qual era a minha pretensão salarial. Eu, tomada pelo desespero de ficar desempregada e movida pelo sonho de trabalhar naquela empresa, fiz uma proposta muito modesta e fui surpreendida pela seguinte situação: 

A recrutadora disse: "Peça mais. Eles estão dispostos a pagar mais por esta vaga". Eu não fazia ideia do que seria esse "mais" e ela muito generosamente me indicou um valor - o que para a minha realidade era surreal. A pretensão era três vezes mais do que eu recebia há anos, sem deixar de mencionar todos os benefícios que jamais tive. 

O que aprendi com essa e com tantas outras situações ao longo da minha vida é que precisamos viver com mais gratidão no coração, apesar de todas as circunstâncias. Acreditar, independente da religião, que existe uma força muito maior que nossas crenças limitantes nos protegendo e nos conduzindo é simplesmente libertador. 

Ao longo da minha jornada passei e passo por muitas situações desafiadoras, mas tenho total convicção que o meu papel é de entregar, confiar, aceitar e agradecer. E cada dia mais eu percebo que quanto mais sou grata, mais a vida me dá motivos para agradecer. 

Escrever diariamente os motivos pelos quais sou grata tem sido um exercício transformador e tem me completado como ser humano. Perceber que tenho mais motivos para agradecer do que reclamar tem contribuído para uma vida plena, prospera e abundante. 

Parafraseando Napoleon Hill, eu acredito que nossa força maior não está na capacidade de pensar, mas em algo mais poderoso: o poder de controlar e direcionar nossos pensamentos para onde quisermos e a gratidão é ferramente poderosa. 

Passado mais de uma década desse episódio ainda me lembro o nome da recrutadora e guardo um carinho enorme em meu coração por toda a sua generosidade. Talvez ela não faça ideia do bem que fez ou talvez faça. Seja como for, ela ajudou uma pessoa desconhecida, e eu desejo de todo o meu coração, que a vida seja tão generosa com ela como foi comigo.


Um forte e fraterno abraço, 


Simara Rodrigues

Um comentário:

  1. Adorei o seu texto Silmara. Eu todos os dias agradeço a deus por tudo o que Ele faz por mim e pela a minha família..

    ResponderExcluir