sábado, 1 de julho de 2017

Minha história




O início da minha carreira foi pautado por muitas dificuldades – técnicas e emocionais. Eu era muito jovem, mãe de um bebê de 2 anos, sem experiência e orientação. Quando faço uma análise da minha trajetória percebo que eu tinha tudo para dar errado - ou assim me fizeram acreditar por muito tempo. Nunca fui a aluna nota dez, sempre tive dificuldades com disciplinas que envolvessem números, nunca fui a referência de beleza, sem contar que minha condição social e financeira não me favorecia.


Meu primeiro contato com a profissão de Secretariado foi a partir dos estágios que realizei na área logo que ingressei na faculdade. Curso este que de longe fazia parte do ranking de profissões mais escolhidas. Na verdade, poucos sabiam o papel de um Profissional de Secretariado Executivo, o que sempre abria margem para piadas desagradáveis e de mau gosto.

Não houve atalhos, o que significa dizer que passei por todos os estágios que uma carreira exige. Fui reprovada em processos seletivos, ouvi muitos “não”, recebi feedbacks não tão positivos, trabalhei muito e nem sempre tive o reconhecimento que esperava. Foi preciso muita energia para atuar em situações que outras pessoas considerariam estressantes demais, o que exigiu muita paciência, determinação, resiliência e ressignificado.

Durante quase duas décadas me dediquei a construir uma carreira bem-sucedida. Assessorei todos os tipos de perfis de Executivos, desde o mais tranquilo e gentil ao mais tirano e psicopata, o que me proporcionou muito aprendizado e a coleção de situações e histórias incríveis. Realizei grandes sonhos, fui reconhecida pelos gestores mais exigentes, participei de importantes projetos, contribuí de forma estratégica com as áreas que atuei e me tornei o braço direito de importantes Executivos.

Em 2009, movida pela paixão à profissão ingressei na docência e desde então tenho me dedicado a compartilhar teorias, informações, técnicas e melhores práticas com pessoas, que assim como eu, buscam uma carreira de sucesso. E foi então que em 2015, decidi iniciar uma transição de carreira, sair da zona de conforto, e me dedicar a ajudar outras pessoas. E assim nasceu a SecGlobal, uma empresa com foco em demandas na área de Secretariado que a cada dia faz meu coração vibrar de gratidão.

Aos 38 anos reconheço que minha paixão pela profissão me permite inspirar e motivar outras pessoas em busca de uma carreira baseada em realização, felicidade e sucesso. Eu acredito que viver melhor e ter sucesso pessoal e profissional são metas perfeitamente alcançáveis, independentemente de classe ou posição social, gênero ou condição financeira. A gente só precisa dar o primeiro passo, apesar de todas as consequências.

Com amor, 

Simara Rodrigues

2 comentários:

  1. "A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras."
    (Aristóteles)
    Muito bacana saber de sua trajetória! Nos inspira a seguir, insistir e persistir!

    ResponderExcluir
  2. Olá, que boa notícia saber que minha história pode contribuir com a sua trajetória. É isso aí, seguir com coragem e amor no coração!

    ResponderExcluir