terça-feira, 30 de maio de 2017

Sobre o EXPERIENCE



Recentemente a SecGlobal ampliou seu o porrifólio e incluiu o Experience entre os serviços prestados. 


Afinal, o que é o Experience? É um evento? é um trabalho em grupo? 

Nada disso.....

O Experience é uma assessoria de carreira especializada que permitirá aos interessados identificar padrões de comportamento, postura, avaliar o impacto das emoções e possibilitar uma melhor compreensão de atitudes para o alcance de seus objetivos. 

Com o Experience nosso cliente é convidado a vivenciar uma experiência única que o levará ao sucesso, potencializando de uma maneira real suas habilidades. 

O objetivo do Experience, ao longo dos encontros e  da assessoria especializada, é possibilitar um lifestyle mais amplo e de realizações, com garantia de sucesso. 

O que Experience oferece?

Apoio na identificação de oportunidades no mercado de trabalho;
Desenvolvimento de diferencial de carreira;
Análise, revisão e prospecção de currículo;
Assessoria no desenvolvimento de habilidades e competências;
Consultoria de imagem; 

Acompanhamento de plano de ação;
Orientação para entrevistas de emprego;
E muito mais.

Entre em contato e saiba mais sobre o Experience. 

simara@secglobal.com.br 
www.secglobal.com.br 


Um abraço, 

Simara Rodrigues 



segunda-feira, 29 de maio de 2017

Vamos falar de empreendedorismo no COINS?



Em abril de 2017 o Sebrae divulgou uma pesquisa em parceria o Instituto Brasileiro da Qualidade e produtividade – IBQP no qual aponta que o empreendedorismo segue em alta, mas ainda há um nível elevado de empreendimentos por necessidade e por causa da conjuntura econômica. 

Segundo o estudo, atualmente 48 milhões de pessoas entre 18 a 64 anos têm um negócio ou estão envolvidos na criação de um. Entretanto, a falta de capacitação adequada para que o negócio prospere continua sendo um dos gargalos. 

Em outubro estarei no COINS falando sobre o assunto e apresentando melhores práticas de atuação. 

Clique aqui e saiba mais sobre o evento! 

#nosvemosnocoins



domingo, 21 de maio de 2017

Felicidade é fazer o que você ama






Chega domingo, final do dia e você ouve a famosa vinheta do fantástico. Na sequência um enorme aperto no coração, uma angustia inexplicável, uma dor no estômago e uma vontade de chorar!

Sinto informar, mas você foi contemplado com uma doença que atinge grande parte da população: A “Síndrome do Fantástico”.

Com isso, trabalhar na segunda-feira passa a ser um martírio. Desde o momento que o despertador toca até o final do expediente. A hora não passa, o ponteiro do relógio não anda. "Dá meia noite, mas não dá 18:00". A qualidade do seu trabalho cai, você passa a se incomodar com as pessoas pegando no seu pé e a sua insatisfação só aumenta. E como uma bola de neve, você começa a não se comprometer com as atividades que deve cumprir e literalmente aperta a famosa tecla “F”. O Resultado é retrabalho, mais insatisfação e o sentimento de esgotamento total, amparado pela esperança da tão esperada sexta-feira. Até que novamente você ouça a vinheta do fantástico.... 

Não há nada mais prejudicial para a saúde do que infelicidade. A longo prazo os efeitos podem ser realmente sérios. Depressão, gastrite, obesidade e tantas outras doenças que começam silenciosamente. 

E aqui eu tenho uma dica para você: Não se acostume com aquilo que não traz felicidade. identifique o que falta na sua vida e parta para a ação. Seja o protagonista da sua história. 

Quando sabemos o que queremos e realizamos aquilo que faz nosso coração vibrar começamos a dar valor a cada dia não nos importando se é segunda-feira, sexta-feira ou domingo. É claro que decisões exigem planejamento, coragem e determinação. 

E foi pensando nisso que a SecGlobal desenvolveu o Experience um projeto que vai ajudar as pessoas a encontrarem as ferramentas necessárias para alcançar seus objetivos e alçar novos voos.

Com o Experience os indivíduos são convidados a vivenciar uma experiência que os levará ao sucesso potencializando de uma maneira real e única suas habilidades. O objetivo do Experience é possibilitar um lifestyle mais amplo e de realizações com garantia de sucesso. 

Ao longo do mês farei alguns posts na página do Facebook sobre o serviço, seus resultados e como irá funcionar. 

Curta nossa página e fique atento às novidades.

Um abraço e uma ótima semana,  

Simara Rodrigues 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Não espere resultados extraordinários fazendo o básico



Hoje o post é sobre DIFERENCIAÇÃO


Segundo o dicionário diferenciação significa: 

Ação ou efeito de diferenciar; diferença.

Desde que escolhi o Secretariado como profissão me dediquei a ser diferente, uma profissional fora da curva. Sem qualquer soberba eu percebi um incrível oceano azul na minha profissão, mas que exigia mais do que os outros faziam. Diferenciação é isso, é você se distinguir dos outros, ir além. 

Devo admitir que tive e tenho muita sorte de estar no lugar certo e na hora certa, mas o fato de buscar a excelência me trouxe muita vantagem competitiva. Mas nem tudo são flores, é claro. Tive que “ralar” muito. Porque no dia a dia não basta de dizer que você é....você tem que ser. 

Uns dos episódios que mais marcaram essa mudança de postura aconteceu em outubro de 2016, quando havia sido recém contratada para trabalhar numa gigante das telecomunicações. Tudo estava maravilhosamente bem, finalmente tinha conseguido minha independência financeira e havia possibilidade de prospecção. Foi então que passei pela 1ª de muitas das reestruturações. Em Brasília eramos duas secretárias que assessoravam três Diretores – nível de Vice-Presidência. Sete meses após a minha contratação minha colega, a qual estava amando trabalhar em parceria, retorna da mesa do Diretor e diz: “Rodrigues, fui demitida”. Como era seu hábito ser muito bem-humorada, imediatamente disse: “ah, para de brincadeira”. E ela concluiu. É sério, fui demitida, fico até novembro. 

Ali percebi, pela primeira vez, que o mundo corporativo não é um conto de fadas, onde todos trabalham com os mesmos propósitos. É a lei da sobrevivência. 

Não havia motivo algum que desabonasse seu trabalho. Pelo contrário, ela era uma ótima secretária, com vasta experiência e estava na empesa há aproximadamente 05 anos. Mas a empresa passava por mudanças e fazia parte do planejamento estratégico uma redução, a primeira de muitas que eu vivenciei e naquele momento ela foi a escolhida. 

Foi a primeira vez que tive medo do desemprego. E fosse eu? Aliás, era para ter sido eu. Algum tempo depois, um Diretor confidencializou a mim: Era você quem iria ser demitida. Como estava a menos tempo na empresa seria mais sensato – isso porque incluía custos e tributos que sendo eu a escolhida seriam menores. E esse mesmo gestor concluiu: Contamos com você e espero que você responda às nossas expectativas. 

Daquele dia em diante eu virei um trato e nos três anos seguintes eu respirei para aquela empresa. Cheguei a pesar 59 kg. Entrava 08:00 da manhã e saia às 21:00. Meu banco de horas me permitiria ficar meses fora. Minha casa era apenas um ponto de apoio para tomar banho e dormir. Perdi as contas de quantas vezes fiz um lanche rápido num canto da copa, em pé. 

2009 nova fusão. Dessa vez as duas maiores empresas de telecomunicações do País anunciavam fusão. Mas agora eu estava mais preparada e confiantes. Já conseguia “ler” as estratégias. Como num jogo de xadrez, já sabia quem cairia e quem subiria. Durante esse período fiz um bom trabalho, a essa altura já conhecia os principais nomes da empresa em Brasília e de outros estados e já era lembrada por muitos. Numa empresa com milhares de colaboradores você ser lembrada e citada por vice-presidente é um grande diferencial. Quando a fusão aconteceu havia mais Secretárias em Brasília do que na empresa toda. 

Foi uma experiência incrível, apesar de todos os temores e frustações. Mais uma vez, excelentes profissionais seriam desligados por uma questão de reestruturação e reengenharia. Seja como for, permaneci no quadro e dessa vez com uma missão: compartilhar e multiplicar os conhecimentos e cultura da empresa para as demais Secretárias que permaneceram e lógico, me adaptar aos novos Diretores que assessoria. Das 45 secretárias em Brasília restaram 2 e eu. 

Fizemos uma ótima parceria nos anos seguintes. Nos completávamos. Ainda hoje sinto saudades delas. Erámos completamente diferentes, talvez por isso desse certo. 

Eu acredito que todas as oportunidades que surgiram ao longo dos anos que permaneci na empresa, foram fruto de uma decisão que começou em 2006 – Ser a melhor e fazer a diferença. E quando tomei essa decisão não foi com o intuito de competir com ninguém, mas superar os meus próprios limites. Nunca precisei puxar o tapete de ninguém e nunca vi o outro como um rival, pelo contrário, eu vi muitas oportunidades. A empresa era grande, havia oportunidade para todos. Bastava ser bom, ou melhor, bastava ser muito bom. 

É claro que não há uma receita de bolo, mas posso garantir que motivação, senso de urgência, construção de relacionamentos, entusiasmo, flexibilidade e determinação foram diferenciais. 

Se você espera ter sucesso fazendo o que todo mundo faz, sinto informar, mas esse caminho não gera resultados extraordinários. Se quiser se destacar você vai precisar entregar mais do que os outros estão costumados a receber. Isso é o que nos diferencia dos demais. 


Um abraço,

Simara Rodrigues 

terça-feira, 16 de maio de 2017

Organize sua vida da mesma maneira que organiza as suas viagens




"Organize sua vida da mesma maneira que organiza as suas viagens" - E assim, dias atrás, levei um pequeno soco no estomago numa manhã de treinamento. 


Já perdi as contas de quantos treinamentos participei esse ano. Isso porque, em cumprimento ao que estabeleci para a minha vida nos próximos 10 anos exigirá de mim mais disciplina, foco, conhecimento e resultados assertivos. Talvez por isso esse treinamento foi tão significativo. 

Por N motivos ano passado tive uma mudança de mindset e resolvi fazer diferente do que vinha fazendo, ou seja, trabalhar menos e ter mais resultados. 

Quando ouvi a palestrante falar sobre organização de viagens me identifiquei imediatamente. Em partes porque uma das minhas maiores motivações é viajar. 

Começo a organização de uma viagem ainda no avião, de volta para casa. Sou tão apaixonada em planejar minhas viagens que muitos meses antes já tenho tudo pronto: Escolha do destino, passagens pagas, programação, dicas, hotéis, locação e etc. Até mesmo quando o plano é não ter planos, como na última viagem, eu acabo planejamento o básico. 

Naquele dia fiquei pensando sobre o assunto. "Organizar a vida como organizo minhas viagens". Por que é tão prazeroso organizar uma viagem e nem tanto a nossa vida? por que buscamos desculpas para procrastinar nossa carreira, nossa saúde, nossas realizações pessoais, nossas finanças, o encerramento de um ciclo, a abertura de um negócio, a mudança de emprego, de relacionamento, de vida? Por que não planejar a vida da mesma forma? com prazos, roteiros, companhias, paisagens e entretenimento? 

Algumas pessoas podem dizer: "Simara, o futuro a Deus pertence. Não podemos controlar o destino". Acontece que planejar a vida não significa controlar cada passo e viver como um robô autoprogramado. Planejar significa saber onde estamos, aonde queremos chegar e como chegaremos - perceba que é exatamente como organizar uma viagem. 



Com base nessas reflexões, compartilho algumas dicas que podem ser úteis: 

Reserve um tempo para pensar: Quando você decide viajar imagino que o primeiro passo seja pesquisar e isso exige tempo para buscar informações. Faço o mesmo ao planejar a sua vida. Reserve um tempo, sozinho, para pensar sobre as possibilidades, oportunidades, GAPs e anseios. Deixe os pensamentos surgirem e anote aquilo que for relevante. 


Determine seus interesses e objetivos: Quando se organiza uma viagem é natural surgir perguntas do tipo: Quero verão ou inverno? praia ou neve? aventura ou sossego? Ao começar o planejamento da sua vida o critério é o mesmo. Verifique quais são seus interesses e veja se estão alinhados aos seus objetivos. Lembre-se que os objetivos podem ser alterados, adaptados ou cancelados - igualmente como em uma viagem - se você perceber que não estão mais de acordo com seus interesses, simplesmente mude a rota. 

Foque no que traz felicidade e paixão: A primeira vez que li o livro "comer, rezar amar" da autora Elizabeth Gilbert, fiquei tão apaixonada por sua experiência que coloquei como meta para a próxima viagem: "Conhecer a Itália exatamente como descrito no livro". Resultado: algum tempo depois lá estava eu na Itália refazendo os mesmos caminhos que a autora descreveu. Planeje os passos que precisará dar para atingir o seu objetivo. É maravilhoso quando nossos sonhos são se tornam realidade. 

Inclua inspiração nos seus pensamentos diários: Sonhar com o dia da viagem e como será cada lugar, cada experiência não é maravilhoso? E que tal se você fizer o mesmo na sua vida. Independentemente da vida estar corrida e com tantos desafios prospecte seus objetivos e os resultados dos seus planos. Mentalize e saboreie cada momento, como se ele já existisse. Além de ser física quântica pura, motiva na busca por melhores resultados. Lembre-se: você atrai aquilo que transmite. 

Seja criativo: Geralmente há muitas formas de atingir um objetivo. Quando decido viajar e o orçamento está apertado logo penso: O que eu preciso fazer para conseguir esse valor? Nessas horas surgem ideias maravilhosas e que me aproximam da minha meta. Quer um exemplo? Anos atrás estava trocando meu veículo e com parte do dinheiro na mão para dar de entrada. Escolhi o carro e passei o valor da entrada no cartão de crédito, que convertido em milhas possibilitou a compra dos bilhetes aéreos. Tente pensar em todas as formas possíveis de criar uma jornada interessante para você. Pensar num plano B pode ser a solução. 

Estabeleça objetivos diários - Adoro pesquisar os lugares que visitarei. Acesso blog, assisto vídeos no youtube, converso com amigos que foram para aquele lugar. Com isso tenho o gostinho da realização regularmente e me ajuda a conseguir estabelecer minhas metas. O mesmo acontece no planejamento da nossa vida. Tente criar objetivos pequenos para que consiga chegar mais perto de seu objetivo principal. 


Mude seus hábitos - Bilhetes comprados, metas estabelecidas, é preciso mudar hábitos. Compras fúteis, saídas necessárias, gastos acima do previsto são um verdadeiro sabotador. Se for necessário, até escondo meu cartão de crédito de mim mesma. Não são poucas as pessoas que vivem reclamando que não conseguem viajar porque "não sobra dinheiro". Essas pessoas geralmente esperam que as soluções para seus problemas caiam do céu. Coincidência ou não o mesmo acontece com o planejamento da vida? Por que alguns "chegam lá" e outros não? Pare de olhar a grama do vizinho e estabeleça a suas próprias metas. Conheço gente que ficou anos comendo marmitinha, mesmo tendo "dinheiro sobrando"  para conseguir comprar o carro dos sonhos. Algum demérito ou futilidade nisso? Eu acho que não. 

Seja planejando uma viagem ou a sua vida, você nunca mais retornará ao mesmo estado mental e espiritual, isso porque sempre há algo novo para aprender e conhecer. Como será essa viagem, aí é você quem estabelece. 

Um abraço e uma boa viagem! 

Simara Rodrigues

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Cuidado com o coitadismo na hora de buscar emprego




"Me ajuda, preciso de um emprego, pois tenho filho, meu aluguel está atrasado, meu marido está desempregado, estou desesperada. Meu seguro desemprego acaba esse mês. Estou aceitando trabalhar com qualquer coisa". 


Muito cuidado com textos apelativos no momento de uma recolocação profissional. Em muitas situações só vai atrapalhar. 

É fato que todos nós temos compromissos, contas e obrigações. Mas não podemos usar isso como forma de comoção para conseguir uma vaga de emprego. Sabe por que? Porque ninguém vai indicar, recomendar ou mesmo contratar uma pessoa pelo simples fato dela precisar do emprego. 

Há muitos anos tive o grande prazer de trabalhar com um gestor que me ensinou na prática o que estou dizendo. Certa vez, tarde da noite, fui até sua mesa e disse: "Fulano, preciso de aumento. Não aguento mais pagar cheque especial'. 

Sua resposta foi rápida e precisa: "quando você me apresentar os resultados do seu trabalho e como tem sido a sua produtividade avaliarei a sua situação. Sua conta corrente não é problema meu". #tapanacara #podiaterdormidosemessa. Quase morri de vergonha. 

Depois desse episódio nunca mais precisei pedir aumento para nenhum gestor. Eu apenas apresentava meus resultados, meu comprometimento e minhas contribuições. Afinal, contra dados e fatos, não há argumento. 

Não passe uma impressão de coitadinho. Mostre posição, interesse, postura e ações positivas.

Há gestores mais conservadores que ao se deparar com essa situação de "coitadismo" simplesmente vão deletar qualquer oportunidade, por mais que sua experiência seja a ideal, você será descartado. 

Isso porque as empresas buscam profissionais de alta performance, aqueles "mão massa". Quer buscar um emprego utilizando sua rede de contatos? destaque suas competências, o seu potencial e sua capacidade para contribuir com a empresa. Isso será muito mais importante do que as suas necessidades básicas. 

Um abraço, 

Simara Rodrigues 


domingo, 14 de maio de 2017

Tenha prioridades bem definidas



Outro dia uma amiga, muito querida por sinal, queixava-se por não conseguir entregar em tempo hábil seu TCC - trabalho de conclusão de curso - e teria que postergar sua apresentação à banca examinadora. Eu, de forma muito tranquila e sem qualquer juízo de valores disse: "Não sofra. Semestre que vem você apresenta. Neste não foi sua prioridade". 


Ela imediatamente esbravejou: Como assim não foi prioridade? eu só não tive tempo de finalizar. 

Então disse: "minha amiga, o que quis dizer foi que neste momento você precisou priorizar outras coisas, a exemplo do seu emprego, que exigiu de você uma carga muito maior de trabalho e hora extra, inclusive sábado e domingo para conseguir concluir o projeto. Então ela sorriu e disse: "É verdade. Nesse momento tive que priorizar o trabalho". 

É exatamente isso, nós ao longo do dia, do ano e da vida damos prioridade ao que importa para nós. Observem que quando quereremos viajar, por exemplo, somos hábeis em organizar o roteiro, a compra das passagens, a reserva dos hotéis, reserva de orçamento e etc. 

Outro exemplo é quando a prioridade é investir na carreira. Buscamos cursos, sites, mentores e criamos um planejamento. Prioridade é isso: Saber definir o que é importante para nós. E quando você estabelece as prioridades da sua vida, não há nada que o impeça de seguir. É como fazer dieta. Se sua prioridade for emagrecer, eu te garanto que você será capaz de ir a qualquer evento e manter a sua dieta, porque isso é importante para você. 

O que precisamos definir, e isso só compete a cada um de nós, é: 

Estamos dando prioridade para as coisas certas? para aquilo que realmente importa e vai gerar resultado em nossas vidas? É preciso refletir sobre o valor que damos para as coisas e avaliar o que realmente é prioridade para vencer. 

Eu não sei quais são as suas prioridades, mas serão elas que definirão o seu futuro. 

um abraço, 

Simara rodrigues