quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Será que você é medíocre?


O que seria uma pessoa medíocre? Alguns indivíduos costumam pensar que a mediocridade está relacionada à pobreza financeira, quando na verdade tem a ver com a pobreza de atitudes. Entre as maiores habilidades das pessoas medíocres está a capacidade de dedicar o mínimo esforço, ou seja, fazer o “feijão com arroz”. 

Segundo o dicionário:

medíocre

adjetivo de dois gêneros
1. 1.
de qualidade média, comum; mediano, meão, modesto, pequeno.

"salário m., condição m."
2. 2.
pej. sem expressão ou originalidade; mediano, pobre, banal, passável.
"texto m."


No ambiente de trabalho temos inúmeros casos de mediocridade. É o caso dos profissionais de Secretariado Executivo que não atendem às expectativas dos gestores pelo fato de entenderem que não são pagos para desempenhar determinadas atividades ou por não possuírem os conhecimentos técnicos e comportamentais necessários e exigidos pela profissão. Quer um exemplo: Digamos que você é contratado para trabalhar de 2ª a 6ª em horário comercial e inesperadamente é necessário que você fique um pouco além do horário no trabalho. A primeira ideia do medíocre é perguntar se irá receber hora extra. Nesse momento talvez alguns pensem: “Mas eu não mereço receber hora extra? Vou trabalhar de graça?”. É claro que não é isso. Você não só merece, como é um direito. 

Mas pense comigo: O que você irá perder se ficar um pouco além do seu horário padrão de trabalho? O happy hour com os amigos? a novela das 19:00? Já pensou que essa seria uma ótima oportunidade para medir o seu grau de comprometimento? 

Meu conselho: Faça mais do que sua função. Não seja uma pessoa-horário, uma pessoa-cargo, seja uma pessoa extraordinária. E o primeiro passo para se tornar uma pessoa extraordinária é começar com pequenas mudanças de comportamento e atitude. 

Segundo o dicionário:

extraordinário

adjetivo
1. 1.
que foge do usual ou do previsto; que não é ordinário; fora do comum.
"acontecimento e."

2. 2.
não regular, fora do estabelecido.
"medidas e., poderes e."


Recentemente fiz a seguinte proposta para o meu filho: “Quer fazer estágio? mas é não remunerado! Será uma ótima oportunidade para você aprender e se conectar com outras pessoas”. Ele aceitou e liguei para um amigo que prontamente atendeu meu pedido. Meu filho, a princípio, trabalhava 3 vezes por semana – 4 horas por dia - de graça, sem qualquer auxílio. Depois de 01 mês e o feedback positivo dos colaboradores da empresa ele começou a trabalhar todos os dias e ser remunerado. Ele poderia não ter aceitado minha proposta e ficado em casa assistindo suas séries e se divertindo com os amigos no Centro Acadêmico da Universidade nas horas vagas, concorda? 

A grande verdade é que para que haja reconhecimento é preciso reciprocidade.  Por isso, supere as expectativas daquilo que esperam de você. É ilusão pensar que um diploma e bater o ponto na hora certa são um diferencial, isso só o fará mais um no meio da multidão. 

O que torna o indivíduo extraordinário é a capacidade de encantar o cliente e sair do senso comum. 

Um abraço, 

Simara Rodrigues



Nenhum comentário:

Postar um comentário