sexta-feira, 1 de abril de 2016

Sobre o dia 01 de abril de 2015



Ando bem ausente do blog, considerando minha tripla jornada - Atuar como Secretária Executiva, Coordenar e lecionar no curso de Secretariado e administrar minha empresa. Mas Sempre que sobra um tempo livre, corro para compartilhar minhas experiências e histórias. 

E hoje o dia começou nostálgico e reflexivo. Exatamente há um ano - 01/04/2015 - Eu deixava a empresa eu e todos apostavam que seria o meu último emprego, ou seja, só sairia aposentada. Sim, era apaixonada pela empresa e quando o assunto era vestir a camisa, lá estava eu na primeira fila. E ai de quem falasse mal. Trabalhar na Oi foi um grande sonho realizado - Ser Secretária Executiva em uma das maiores empresas de Telecomunicações do País era minha grande motivação. 

Em quase uma década trabalhei com dezenas de Executivos que contribuíram para a construção da minha carreira. Alguns mais exigentes outros mais tranquilos, mas sem sombra de dúvidas todos tiveram um valor significativo. Mesmo quando eu pensava que algumas situações e atitudes fossem desnecessárias. Hoje, agradeço cada feedback recebido, pois foram eles que contribuíram para o meu crescimento profissional e pessoal. 

Nesse tempo, também conheci pessoas sensacionais e fora de série, que me motivaram e me inspiraram. Profissionais que acompanhei o crescimento e ascensão por meio de muito trabalho, dedicação e disciplina. Foram essas pessoas que me mostraram o verdadeiro sentido de trabalho árduo e paixão por aquilo que você faz. 

Deixei a empresa porque senti a necessidade de mudança, de novos saberes, de novas descobertas, de novas paixões. Afinal, quem disse que a gente precisa ir embora sentindo que não valeu a pena, que não era bom o suficiente ou que não prestava? As vezes, a gente simplesmente segue, porque sente que é preciso continuar seguindo. Parafraseando Fernando Pessoa: "Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.

Apesar da saudade que sinto de algumas questões pontuais, devo admitir que foi a melhor decisão que tomei, por N motivos. Foi a partir da minha escolho que descobri algumas verdades: 

1) Sou mais forte do que imagino; 
2) Há pessoas que posso contar em qualquer situação; 
3) Há pessoas que não faço ideia de como sou importante para elas;
3) Eu sou do tamanho dos meus sonhos; 
4) Quem tem disposição se estabelece; 
5) Eu sou a soma das minhas relações; 
6) O plantar é opcional e o colher é maravilhoso; 
7) O medo só serve para estagnar; 
8) Não há nada mais poderoso do que o pensamento positivo; 
9) Não há nada mais prejudicial do que pensamento negativo; 
10) O medo do que as pessoas vão pensar é destrutivo;
11) A única coisa que pode acontecer é não dar certo;
12) O céu é o limite.....

Talvez seja piegas toda essa nostalgia, mas hoje é um dia muito especial para mim. Eu considero que hoje faço aniversário de uma vida nova, de novas escolhas e de sonhos renovados. 

Ainda continuo pensando em mudar, porque essa é a minha essência. Entretanto, mais madura, mais segura e mais confiante. Eu não sei como será o futuro, embora me planeje para recebe-lo, mas não tenho controle. Por isso, só cabe a mim seguir confiante, forte e determinada. Ficar parada, nem pensar! Afinal, eu não sou árvore. :) 

Um final de semana iluminado, 

Simara Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário