terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Sobre a calça Legging

(foto retirada na internet)



Outro dia deixei algumas dicas sobre a calça branca. Hoje, falaremos sobre a perigosa e temida calça legging. 



A peça, que virou febre a partir dos anos 80, inicialmente como roupa de ginástica, foi ocupando espaço também na moda de rua, até que, drasticamente, chegou aos escritórios. 



Drasticamente porque algumas pessoas, confundindo conforto e praticidade, adotaram a peça como “coringa” na escolha do guarda-roupa corporativo. 

Mas os especialistas são categóricos com relação a legging e afirmam que usa-la no trabalho está fora de cogitação, ainda que na sexta-feira. Por diversos motivos, mas principalmente porque: 

Pode transmitir uma impressão de desleixo;

Pode sensualizar e esta não deve ser jamais a intenção;

Trata-se de um look informal, que facilmente pode destoar do ambiente corporativo;

Não estando em boa forma é visivelmente feio;

Estando em boa forma é visivelmente provocativo e vulgar;

Dependendo da lingerie ficará estranho. 

Um teste para saber se a peça é realmente bem-vinda no mundo corporativo é fazer a seguinte reflexão: Você já viu alguma executiva de primeiro escalão usando calça legging no trabalho? 

Portanto, se você não trabalha em uma loja de esportes ou academia, sugiro que reveja seu guarda-roupa.

Atualmente há vários sites especializados em Dress Code, livros sobre o assunto e até mesmo personal stylist que podem ajuda-la na criação de um guarda-roupa apropriado. E ao contrário do que algumas pessoas pensam, não é preciso um alto investimento para estar bem vestida mas é preciso, sobretudo, bom senso e bom gosto. 

Um abraço e uma ótima semana, 

Simara Rodrigues



Nenhum comentário:

Postar um comentário