quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Feliz Dia do Profissional de Secretariado

Hoje comemoro o Dia do Profissional de Secretariado da melhor forma: Trabalhando, fazendo aquilo que gosto e desempenhando minhas atribuições. 


Sou profundamente grata por escolher e me identificar com uma profissão que me permite desenvolver sempre novas habilidades e desafia os meus próprios limites. 

É sem dúvida motivador estar no mercado há 16 anos, competindo e buscando novas formas de atuação, o que valida a máxima: Secretariar é uma arte que exige trabalho árduo, dedicação e muito amor naquilo que nos propomos fazer. 

Desejo a todos os amigos, alunos e colegas de profissão que o Secretariado traga tantas alegrias e realizações como tem me proporcionado e que a escolha pela profissão não seja um fardo, mas uma porta que se abre para novos saberes e novas possibilidades.

Agradeço, em especial, meus alunos por serem fontes inesgotáveis de incentivo. Saibam que a docência tem sido uma das melhores experiências da minha vida! 

Por oportuno, compartilho o texto abaixo, escrito há 10 anos, que é profundamente reflexivo. Observem o que a autora do texto previu e percebam o que ainda estar por vir.

Secretariar é isso, um estado de impermanência que atrai os mais ousados e dispostos! 

Feliz dia do profissional de Secretariado 

O Futuro da Profissão – Um Mundo de Oportunidades

Leida Moraes - set-2005

“A propósito pode-se imaginar uma profissão como o tronco de uma árvore que, com seus galhos, leva a várias ocupações típicas dessa profissão. Às vezes, como numa floresta, os galhos se entrelaçam de tal forma que é difícil identificar o tronco a que pertencem.” Roberto Macedo*

Ouvimos e lemos muito, nos últimos anos, sobre as transformações no mundo do trabalho. Essas mudanças atingem as empresas como um todo, revirando suas estruturas organizacionais, seus sistemas de cargos e salários, deixando muitos trabalhadores inquietos quanto ao futuro profissional.

Porém, num estudo a médio prazo (próximos 15 anos), observaremos que essa inquietação não tem motivos. Será mais uma questão de adaptação aos novos modelos de mercado, baseada na qualificação e experiência individual, como tentaremos demonstrar no caso dos profissionais secretários.

Até 2020, Secretários (e suas mais de 500 nomenclaturas – Assistentes, Assessoras etc), conhecerão novas formas de trabalho e maior complexidade de suas responsabilidades. Espera-se grande especialização e, em decorrência, talvez novas mudanças dos diferentes “nomes” para a profissão secretária.

Modelos de escritórios instantâneos, também conhecidos como centros de negócios, serão populares. Esses espaços comerciais estarão totalmente aparelhados e adaptados para as necessidades dos donos de negócios os quais entrarão e sairão desses espaços conforme suas necessidades. Como resultado nem todos os empregados estarão baseados na mesma localização geográfica o tempo todos e os profissionais secretários serão chamados a ajudar essa força de trabalho largamente dispersa a se conectar.

A natureza do emprego também mudará. O número de empregados permanente, tempo integral diminuirá enquanto que os contratos por projeto ou tarefa crescerão. Empresas montarão grupos de trabalho baseados em talento, experiência e especialização de uma maneira similar a que equipes de esportes são configuradas.

Embora equipes de trabalho já sejam comuns, a interação entre elas mudará radicalmente. A tecnologia de conferência virtual, por exemplo, possibilitará a colaboração efetiva entre múltiplos fusos horários.

A diversificação e sofisticação dos softwares eliminará a defasagem de horários, mensagens perdidas e anexos corrompidos, atualmente associado com o compartilhamento de arquivos eletrônicos entre numerosos usuários.

Outras novas tecnologias serão relevantes no escritório do futuro:

1 – Software de reconhecimento sensorial que responde à entrada de dados no formato voz, ou escrita manual, ou impressão digital e até óptico;
2 – Software de inteligência artificial avançado que automaticamente scaneará bases de dados para filtrar e recuperar informações;
3 – Instrumentos e softwares de computador pessoal, que serão programados para adaptar-se ao estilo específico de trabalho do usuário;
4 – Ferramentas de comunicação sem fio miniaturizadas que combinam as funções de computador pessoal, fone, fax, scanner e câmera, dentro de um único instrumento.

O escritório do futuro será mais fluído, descentralizado, e bastante diferente de hoje e o papel dos profissionais secretários também terá uma transformação parecida.

A Office-Team**, recentemente elaborou uma extensa pesquisa, consultando experts de alta administração para o projeto – Escritório do Futuro 2020 – com a finalidade de gerar uma visão do que os profissionais de hoje devem esperar do amanhã.

Seguindo uma trajetória que começou nos últimos 20 anos, com os secretários ampliando suas áreas de atribuição no mundo do trabalho, suas carreiras se tornarão cada vez mais complexas e especializadas.

Para fazer seu trabalho de forma eficaz esses profissionais dependerão de uma mistura sofisticada de habilidades e experiência em grande variedade de disciplinas, incluindo tecnologia, recursos humanos e processos de negócios. Eles também servirão como uma conexão vital, facilitando o fluxo de informação e idéias entre equipes de empregados, consultores, clientes e contatos de uma mesma empresa.

Algumas novidades, em nomenclaturas da profissão, surgem em diversos países e para algumas culturas podem ser regras novas do mundo do trabalho, já em outras apenas tendências que poderão ou não se confirmar. São elas:

Workflow Controller: Controlador de Fluxo de Trabalho - serão Secretárias ou Assistentes que servirão de controle de missão para as empresas assegurando que colegas trabalhando em vários locais tenham o suporte e os recursos necessários para desempenhar seu trabalho. O Controlador do Fluxo de Trabalho também facilitará a interação entre equipes e coordenará a transferência e o uso dos recursos da empresa tais como computadores, equipamentos de comunicações e outras ferramentas tecnológicas.

Resources Coordinator: Coordenador de Recursos. Escritórios virtuais que empregam um grande número de trabalhadores contratados dependerão enormemente de indivíduos habilitados a reunir os recursos adequados para um dado projeto. Os Coordenadores de Recursos entenderão das metas das várias unidades de negócios e saberão onde encontrar o talento necessário interna e externamente, para atingir objetivos específicos.

Telecommuting Liaison – Agente de Interação - À medida que o número de trabalhadores que atuam fora dos locais de trabalho aumenta as empresas designarão um elo de telecomunicações para conectar trabalhadores remotos entre eles e com a Gerência. Em alguns casos os Agentes de Interação trabalharão com a alta administração para desenvolver políticas de telecomunicações, inclusive ajudando a determinar quais cargos serão os indicados para trabalhos fora do local da empresa.

Knowledge Manager – Gestor de Conhecimentos – No escritório do futuro que será mais fluido e baseado em projetos esta figura central servirá como um repositório de informação institucional, história e boas práticas. O Gestor de Conhecimento assegurará continuidade e consistência e ajudará novos empregados e profissionais de projetos a se adaptarem à cultura organizacional, ao mesmo tempo em que assessoram na busca de dados e documentos necessários para desenvolver projetos.

Information Integrator - Integrador de Informação – A rápida recuperação de informação será essencial no local de trabalho de amanhã. Já que os dados serão armazenados em formato eletrônico as empresas necessitarão de bases de dados centralizadas e amigáveis, acessíveis de locais fora da empresa. O Integrador de Informação utilizará habilidades de biblioteconomia especializada em informatização e telecomunicação para coletar, compilar e indexar textos datas e imagens de maneira que esses materiais sejam facilmente encontrados em pesquisas e projetos.

Reflita sobre essas novidades e imagine o mundo do trabalho como um mundo de oportunidades que podem favorecer muito seu estilo de vida, o que você quer para seu futuro, o que você gosta de fazer.

Leida Maria M. B. L. de Moraes
Vice-Presidente SINSESP

Fonte: Economista Roberto Macedo (Livro Seu Diploma, Sua Prancha – Como Escolher a Profissão e Surfar no Mercado de Trabalho)
Artigos Caderno de Empregos do jornal O Estado de SP 16 e 30 de out/05 – sobre Profissões e Ocupações.IAAP – International Association of Assistant Professional – Publicação Office-Pro vol.65/nº7 – out/05


Fonte: http://www.sinsesp.com.br/artigos/secretariado/27-o-futuro-da-profissao-um-mundo-de-oportunidades




Nenhum comentário:

Postar um comentário