segunda-feira, 25 de maio de 2015

Curso de inglês para Secretariado no SISDF


Pessoal,
ótima oportunidade, apoio e iniciativa do SISDF.



CURSO DE INGLÊS PARA SECRETARIADO

DIAS/HORÁRIOS:

- Segundas e quartas-feiras das 12h30 às 14h ou das 17h30 às 19h;
- Sábados das 8h30 às 11h30;

LOCAL: SCS Qd. 01, Ed. Ceará, Salas 406 a 409;

INVESTIMENTO:
- R$ 140,00 mensais para os sindicalizados e dependentes e
- R$ 180,00 para o público em geral.

CONTATO: 3321.0524 (sindicato) ou com a Professora Suzuki nos telefones 061-3253 7741/ 9208 4403.

OBSERVAÇÕES:

- A matrícula e a apostila são R$ 30,00 cada.
- O curso prevê o máximo de 20 e o mínimo de 10 alunos.
- Início das aulas previsto para o dia 15 de junho de 2015, com a possibilidade de oferecer curso intensivo de inverno no mês de julho.
- As rápidas transformações da era digital tem ditado novas demandas para o mercado de trabalho. E para ter acesso a essa sociedade informacional, estudar uma língua estrangeira abre caminhos e traz inúmeros benefícios, que vão além da comunicação.

Tendo em vista o crescimento profissional, o curso abre novos horizontes com grande potencialidade de empregabilidade no país e no exterior e ainda proporciona ganhos financeiros maiores.

Esta proposta objetiva desenvolver habilidades linguísticas e competência 
profissional a fim de adquirir e ampliar os conhecimentos, na sua área de atuação profissional, permitindo que articulem a comunicação em todos os seguimentos da empresa.

As aulas são destinadas a um público com conhecimentos diversificado no que diz respeito à língua tanto as pessoas iniciantes quanto as outras com níveis mais avançados.


Fonte:

http://www.sisdf.com.br/site/

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Cadastro de Elaboradores e Revisores de Itens da Educação Superior

Pessoal,

Ótima oportunidade para os docentes da área de Secretariado
 
 
Os docentes dos cursos que serão avaliados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2015 podem se cadastrar para a seleção de elaboradores e revisores do Banco Nacional de Itens (BNI). A inscrição deve ser feita exclusivamente no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), de 5 a 29 de maio.

O elaborador de itens tem como atribuição criar questões inéditas para o exame. O revisor avalia e atesta a qualidade técnico-pedagógica do item, podendo aprovar ou não as questões analisadas. Ambos seguem os critérios estabelecidos pelo Inep.

Para se candidatar, é obrigatório que os interessados estejam em exercício de atividade docente na graduação e vinculados à instituição de ensino superior. Os selecionados passam por capacitação, na modalidade a distância.

Na edição de 2015, serão avaliados os cursos que conferem diploma de bacharel em administração, administração pública, ciências contábeis, ciências econômicas, jornalismo, publicidade e propaganda, design, direito, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, teologia e turismo. Também serão avaliados os cursos que conferem diploma de tecnólogo em comércio exterior, design de interiores, design de moda, design gráfico, gastronomia, gestão comercial, gestão de qualidade, gestão de recursos humanos, gestão financeira, gestão pública, logística, marketing e processos gerenciais.

Banco – Criado em 2010, o banco de itens do Enade tem por objetivo reunir questões de qualidade técnica que permitam ao Inep avaliar, por meio do exame, o conhecimento dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências previstas nas diretrizes curriculares nacionais dos cursos de graduação.

No Edital estão disponíveis informações a respeito dos valores pagos ao serviço e da metodologia de trabalho. A leitura minuciosa do Edital no 05/2015 – INEP/MEC é imprescindível para a inscrição adequada no CERES/BNI.
 
Leia o edital completo em:
 
 
Fonte:
 
 

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Arrume suas gavetas






Outro dia li uma parábola que dizia mais ou menos o seguinte: Uma garota costumava queixar-se com sua avó sobre seus problemas e ela sempre lhe aconselhava: “Arrume suas gavetas e logo após terá a solução para os seus problemas”. 

Já percebeu, que no sentido figurado, nossas gavetas podem representar nosso estado mental e emocional e a forma como nossas vidas estão organizadas? 

No momento em que você decide organizar suas gavetas, o que significa jogar fora tudo aquilo que não serve ou não é útil – você está reprogramando o seu interior. Então, compreender que você pode influenciar o interior com o exterior e vice-versa, é a chave para a organização total.

Logo, no sentido figurado, arrumar nossas gavetas significa livrar-se de tudo que é negativo – o que inclui pessoas, sentimentos negativos,  conceitos e situações. 

Quando conseguimos fazer esse trabalho, costumo dizer que estamos nos desintoxicando de tudo que nos afasta do nosso propósito de vida. 

Experimente fazer essa faxina e descubra como sua vida pode ser mais leve e prospera. 

Um abraço, 

Simara Rodrigues 






 

sexta-feira, 15 de maio de 2015

vagas de estágio na área de Secretariado Executivo


A quem possa interessar compartilho vagas de estágio na área de secretariado executivo 

O IEL/DF informa a abertura de 04 vagas de estágio para secretariado conforme detalhado abaixo:

vaga nº 60195

1 vaga de estágio – secretariado
requisito: 1º ao 4º período
carga horária: 30:00h
dias de estágio: de 2ª à 6ª
horário: de 09:00h às 12:00h ou 14:00h às 17:00h
valor da bolsa: r$ 800,00 + auxilio transporte

atividades:

correspondência por e-mail com clientes;
preparação de orçamento comercial e emissão de notas fiscal;
atendimento de eventuais consultas ao telefone e esclarecimento a clientes;
acompanhamento de datas da agenda de trabalho em eventos;
preenchimento e envio de proposta por e-mail a clientes;
senso de organização no trabalho e facilidades para lidar com orçamento.
 

código da vaga: 60195
quem tiver interesse enviar o currículo para o e-mail: curriculos.iel@sistemafibra.org.br. por favor, informar o código da vaga no assunto do e-mail.

vaga nº 60909 1 vaga de estágio – secretariado executivo
  requisito: 2º período
carga horária: 30:00h
dias de estágio: de 2ª à 6ª
horário de estágio: a combinar
valor da bolsa: r$ 900,00 + auxilio transporte
 
Atividade:

apoio administrativo, apoio na solicitação e emissão de passagem aérea, apoio na reserva de hotel, apoio na organização de eventos, dentre outras atividades a serem pertinentes à função que serão realizadas através de supervisão direta.
código da vaga: 60909
quem tiver interesse enviar o currículo para o e-mail: curriculos.iel@sistemafibra.org.br. por favor, informar o código da vaga no assunto do e-mail.

vaga nº 47172 1 vaga de estágio – secretariado
requisito: 1º ou 2º período
carga horária: 20:00h semanais
dias de estágio: de 2ª à 6ª
horário: de 08:00h às 12:00h.
valor da bolsa: r$ 488,02 + auxilio transporte
 

Atividade: 
recepção de clientes, arquivar documentos, atividades de protocolo e digitação.
código da vaga: 47172
quem tiver interesse enviar o currículo para o e-mail: curriculos.iel@sistemafibra.org.br. por favor, informar o código da vaga no assunto do e-mail.

vaga nº 56444 1 vaga de estágio – secretariado executivo
requisito: 2º ou 8º período
carga horária: 30:00h semanais
dias de estágio: de 2ª à 6ª
horário: de 09:30h às 16:30h.
(com uma hora de almoço)
valor da bolsa: r$ 650,00 + auxilio transporte

Atividade:
Elaboração de relatório mensal com atividades desenvolvidas.
código da vaga: 56444
quem tiver interesse enviar o currículo para o e-mail: curriculos.iel@sistemafibra.org.br. por favor, informar o código da vaga no assunto do e-mail.
 

setor de estágio: sia trecho 03 lote 225 - ed. fibra - térreo - brasília/df (61) 3403-0887 horário de atendimento: 09h às 15h

Fonte:
https://www.facebook.com/groups/162590750427322/?fref=nf

 

Criação do Conselho de Secretariado é discutida na Câmara Federal

CRIAÇÃO DO CONSELHO DE SECRETARIADO É DISCUTIDA NA CÂMARA FEDERAL


Realizada no dia 12 de maio pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), audiência pública para debater o Projeto de Lei 6.455/13, de autoria do deputado Marcos Montes (PSD-MG), que autoriza a criação dos Conselhos Federal e Regionais de Secretariado. Na audiência, originada a partir do requerimento do dep. Daniel Almeida (PCdoB-BA), que presidiu a Mesa, estiveram presentes representantes de diversos Sindicatos, dentre os quais da BA, PE, RS, DF, MA, PR, Santo André/SP e SP, o diretor Secretário Geral da CNTC, Senhor Lourival Melo e de outras entidades sindicais. Justificaram ausência do debate os representantes da Casa Civil e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) se fez presente por Glênio Camargo, Coordenador de Gestão do Gabinete do Ministro.


Maria Bernadete Lira Lieuthier, Presidente da FENASSEC e diretora de Assuntos Internacionais da CNTC, apresentou os principais pontos defendidos pela Federação representativa da categoria em todo o território nacional, enfatizando a importância da criação dos Conselhos Regionais e Federal de Secretariado. Disse a presidente que a categoria é composta por cerca de dois milhões de profissionais, em grande maioria entre 18 e 24 anos de idade, que atuam em organizações públicas e privadas. Em dados fornecidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego, observou-se que a maior parte dos profissionais não possui qualificação, apesar de haver curso para técnico, tecnólogo e bacharel em Secretariado. O nível de escolaridade reflete diretamente na remuneração das secretárias e secretários; quase 700.000 profissionais recebem entre um e um salário mínimo e meio, o que representa uma grande disparidade entre as atribuições e responsabilidades destes e a remuneração a eles atribuída. A FENASSEC incentiva e promove a profissionalização dos seus representados, lutando pelo respeito da imagem da profissão. Maria Bernadete afirma que a criação dos Conselhos aumentará o numero de vagas no mercado e a qualidade da mão de obra fornecida, além de promover o fortalecimento da categoria e garantir o exercício profissional qualificado.

A FENASSEC propõe a alteração do texto da lei 7.377/85, que regulamenta a profissão para inserir o Tecnólogo em Secretariado e suas respectivas atribuições, apresentando alterações de condições para o exercício da atividade e atribuições profissionais.

Zilmara Alencar, Advogada Especializada em Direito Trabalhista e Negociação Coletiva de Trabalho, defendeu a necessidade da discussão do projeto como forma de manutenção da sustentabilidade profissional e afirmou que “há uma abordagem política e social que clama por este resgate”. A criação dos Conselhos decorre da necessidade da fiscalização da prestação de serviços e da proteção à qualificação profissional, a fim de diminuírem-se os danos pela falta de preparo para a realização das atividades referentes à profissão. Zilmara pontuou que há uma estagnação do Executivo para a criação dos conselhos sob o argumento de que estes restringiriam a livre atuação dos profissionais, mas o argumento é refutado com a certeza de que estas entidades representativas trariam apenas benefícios e maior segurança para a categoria, assim como acordos e convenções coletivas já o fazem. (Fonte CNTC).

Glênio Camargo, representante do Ministério do Trabalho, sugeriu a realização de audiências estaduais e regionais do secretariado, a fim de consolidar a categoria antes mesmo da criação dos conselhos, e declarou que o MTE é solidário à causa em discussão e se coloca à disposição para a criação dos Conselhos (Fonte CNTC).

Entre os parlamentares que estiveram presentes na audiência, o deputado Roney Nemer (PMDB-DF) declarou seu total apoio à causa, atentou-se à banalização sofrida pelas profissões atualmente, fator que influencia no nível de escolaridade e remuneração dos profissionais de diversos setores, e comprometeu-se a acompanhar a tramitação do PL 6.455/13 na Câmara dos Deputados.

Ao final da audiência, o deputado Daniel Almeida afirmou ser o relator do projeto em discussão, dizendo que as razões apresentadas pela FENASSEC comprovam a necessidade do conselho de classe e que trabalhará para a efetiva concretização da criação do Conselho da categoria.


RAZÕES PARA CRIAÇÃO DO CONSELHO DE SECRETARIADO:

1. A categoria está regulamentada há mais de 29 anos.

2. Somos mais de 2 milhões de profissionais em todo o país.

3. O profissional de Secretariado exerce função de confiança, em razão de suas atribuições.

4. Somos gestores de informação em um mundo em que a  informação tem valor imensurável.

5. Somos gestores de resultado, porque assessoramos os níveis decisórios, monitoramos objetivos e metas, fazendo a gestão de pessoas e processos de trabalho.

6. A profissão está inserida em todos os segmentos de mercado: econômico, político ou social, sendo sua atuação imprescindível para o crescimento e desenvolvimento das organizações públicas ou privadas, de pequeno, médio ou grande porte ou multinacionais.

7. É preciso estabelecer um código de ética com força de lei e instituir o sigilo profissional.

8. Existem em todo o país cursos de Secretariado: Técnicos, Tecnólogos, Executivos (Bacharelado) e Pós-Graduação.

9. Somos profissionais altamente qualificados e maduros para a auto-regulamentação e fiscalização.

10. Evitar o desvio e a atribuição às pessoas desqualificadas da função de Secretário, incentivando a profissionalização.



























Vive melhor quem se relaciona






No livro "Os segredos para o sucesso pessoal e profissional" no qual sou coautora, abordo o papel do profissional de Secretariado Executivo na área de relações governamentais. Escolhi o tema por vários motivos, entre eles porque diz respeito a minha área de atuação e parte da experiência que possui, mas principalmente porque acredito que relações constroem pontes.  

As relações, em minha opinião, precisam ser sustentas pelo tripé: respeito, admiração e confiança. Sem esses três não há uma relação e já percebeu que são aspectos que dependem de tempo, disposição e dedicação? Costumo dizer que não adianta uma pessoa dizer: “Pode confiar em mim” é preciso se fazer confiável e isso só é possível por meio de postura. 

Relacionamento não está restrito apenas a contatos profissionais, mas também a sociedade em que vivemos, de um modo geral.  

Conheça alguns aspectos que podem contribuir para que você estreite laços: 

1) Valorize os laços que você possui: 

Você sabia que grande parte das pessoas que são importantes para nós não fazem ideia disso? Portanto, demonstre sua admiração, carinho e respeito pelas pessoas que são importantes para você. Esse comportamento, além de estreitar suas relações é capaz de construir afinidades singulares. Recentemente vivi essa experiência, quando após 9 anos parti em busca de novos projetos profissionais. Algumas pessoas quando vinham se despedir de mim demonstravam tanto carinho e respeito que me deixaram surpresas pelas palavras e feedback. A verdade é que gostaria muito de ter ouvido isso antes. 

2) Almoce com seus colegas de trabalho 

Uma ótima oportunidade para estreitar relações profissionais é conhecendo as pessoas e seja num rápido café ou no almoço é possível que isso aconteça. Será uma ótima oportunidade de você conhecer hábitos, costumes, valores e afinidades. Tenho colegas de trabalho que foram verdadeiros presentes. E de almoços despretensiosos saíram dicas incríveis sobre viagens, arte, finanças e tantas outras descobertas. Vale lembrar que nessas situações, assuntos de trabalho devem ficar na “prateleira”. Tem coisa mais chata que sair com colegas de trabalho para especular a vida do chefe? Cuidado para não perder o foco. 

3) Seja um multiplicador

Procure inspirar as pessoas. Tenha empatia pelos outros e busque conhece-las. Você não precisa ser um gestor para fazer isso. Você pode, facilmente, inspirar seus pares. Seja um agente de mudança. 


4) Se faça presente

Sabe aquela velha frase “fala com a fulana, que ela resolve”? pois é, isso significa se fazer presente, se fazer lembrado, se fazer útil. É o famoso “faz acontecer”. Ofereça apoio, seja genuinamente, prestativo. São os pequenos gestos que causam impacto na forma como os outros nos veem. Essa postura além de criar empatia com o colegas, cria laços de confiança.

5) vibre com as conquistas dos outros

Tenha animo com as conquistas dos seus colegas. Seja por um trabalho bem feito, pela participação em um novo projeto ou por uma promoção. Não seja aquele que só vibra com a felicidade do outro desde que não seja maior que a sua. Quando celebramos o sucesso do outro, além de fazer bem para o nosso coração, demonstra o quanto somos solidários. 

6) Seja grato e demonstre gratidão 

Essa postura demonstra para os outros suas habilidades e resiliência. Todos nós temos pedras no caminho ao longo do dia e da vida, mas a forma como reagimos é que nos difere.

Outro dia, lendo um livro da Monja Coen um capítulo trazia uma história que dizia mais ou menos o seguinte: 

Um rapaz decidiu ser monge e foi para um renomado mosteiro no Japão. Lá, ele deveria ficar em meditação e práticas e somente uma vez por ano seu mestre o visitaria para esclarecer uma única dúvida. Então, passado o primeiro ano seu mestre chegou e perguntou: o que você tem para me dizer? E ele disse: A comida aqui é muito ruim. 

Passado outro ano, o mestre voltou e novamente perguntou: o que você tem para me dizer? E o discípulo disse: “este lugar é muito frio”. Passado mais outro ano seu mestre retornou e novamente perguntou: o que você tem para me dizer? E ele disse eu vou embora, não aprendi nada nesse lugar. E seu mestre apenas concluiu: Se você tivesse aproveitado a oportunidade talvez fosse diferente. 

Estamos muito preocupados em observar os problemas, as falhas, as dificuldades e reclamar sobre o quanto viver é difícil, mas devo confidenciar que você não é o único a passar por desafios e provações. Não queira este privilégio só para você. Acredite, "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é". Então, seja grato e demonstre essa gratidão. Pessoas com essa habilidade além de aproximarem os outros são motivo de inspiração. 

Uma ótima sexta-feira para todos

Simara Rodrigues 

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Estágio Secretariado Executivo em Brasília

Estágio Secretariado Executivo (v1171536)

Código da vaga:v1171536
Nível hierárquico: Estágio
Local: Brasília / DF / BR
Quantidade de vagas:2
Data de expiração:17 de Maio de 2015
Atividades previstas:

- Manter atualizado os arquivos físicos e eletrônicos da secretaria;
- Apoiar as secretárias nos processos administrativos: viagem a serviço, solicitação de material;
- Atendimento Telefônico;
- Digitação de e-mail e documentos: cartas e memorandos;
- Apoio em outras atividades da Secretaria da Presidência.

Formação exigida:

- Superior cursando em Secretariado Executivo a partir do 2º semestre;
- Conhecimento básico do Pacote Office.

 Habilidades e atitudes relevantes:

- Organização;
- Responsabilidade;
- Comunicação;
- Flexibilidade;
- Relação Interpessoal.

Observação: Jornada de 30 horas semanais (09h às 15h; 12h às 18h ou 13h às 19h



Fonte:
http://www.vagas.com.br/vagas/v1171536/estagio-secretariado-executivo

Vaga para a área de Secretariado em Brasília

Pessoal,

Escritório de Advocacia em Brasília contrata profissional de Secretariado para atuar na área. 

Interessados e maiores informações encaminhar e-mail para GRACIELA.TODDE@TODDE.ADV.BR 

Inserir no campo assunto: Vaga para Secretariado

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Somos o que lemos e conhecemos

Lembro-me de quando estive em Paris, visitando o Museu d’ Orsay - que reúne trabalhos produzidos no período entre 1848 e 1914 e que em minha opinião é um dos lugares mais belos, inspiradores e emocionantes - havia um grupo de crianças, provavelmente entre 9 e 11 anos, tendo aulas de história in loco

A professora explicava sobre os artistas e a história de cada obra ali exposta e os alunos, assim, iam se familiarizando com aquele universo. Imagino que quando adultos não terão qualquer dificuldade em falar sobre a arte e a história de seu País e os marcos históricos. 

Enfim, tudo são hábitos que uma sociedade cultiva e que consequentemente possibilitam o desenvolvimento social e do capital humano. Mais habitual ainda na Europa são pessoas - crianças, adultos e idosos - lendo enquanto aguardam o metrô. 

Então, o que dizer quando nos deparamos com uma pesquisa que afirma que 70% dos brasileiros não leram seque um livro em 2014 e 92,5% não costumam ir à exposição de arte? Embora, num primeiro momento, pareça um hábito burguês é importante compreender que o conhecimento, desde sempre, formou seus pilares dentro da sociedade, e é sem dúvida, fonte de inspiração, sabedoria e desenvolvimento social. 



70% dos brasileiros não leram em 2014, diz pesquisa da Fecomercio-RJ
Leitura de livros caiu de 35% para quase 30% dos entrevistados. 
Sete em cada dez pesquisados não leram um único livro em 2014.

Sete em cada dez brasileiros não leram um livro sequer no ano passado, revela pesquisa da Federação do Comércio do Rio de Janeiro sobre os hábitos culturais, feita em 70 cidades de nove regiões metropolitanas.

O mapa do lazer do brasileiro revela um consumidor sem muito entusiasmo pela arte e literatura. 55% dos brasileiros responderam que não fizeram nenhuma atividade cultural em 2014. Em 2013, essa porcentagem era de 49%.

A leitura de livros caiu de 35% para quase 30% dos entrevistados. 70% dos pesquisados não leram um único livro neste ultimo ano.

O uso da internet, facilitado pelos smartphones é apontado na pesquisa como um dos responsáveis pela queda na leitura, principalmente entre os jovens.

Os frequentadores de cinema também diminuíram no ano passado. Já as idas ao teatro dobraram em relação a 2009.

Mas, ainda assim, 89% não assistiram uma peça sequer entre 2013 e 2014.

A resposta da maioria dos entrevistados é que eles não lêem ou não freqüentam atividades culturais por falta hábito. Mas, para os pesquisadores, a situação econômica do país também interfere no lazer dos brasileiros e muitos consumidores concordam com isso.

“O crescimento da economia está menor em 2015, a propensão das pessoas a frequentar ambientes culturais provavelmente vai ser muito próxima da de 2014. Então, é importante apostar em promoções, parceria com outras empresas, inclusive de outros segmentos, para atrair esse consumidor que esá mais desconfiado”, aponta Christian Travassos, gerente de economia da Fecomercio-RJ.

Fonte: 



Foto: banco de imagens facebook. 

domingo, 10 de maio de 2015

Comitê de Secretariado Executivo do DF




Um brinde aos loucos

Os renegados. Os rebeldes. Os encrenqueiros. Os que insistem em ser uma peça redonda em um buraco quadrado (peixes fora d’água).

Os que vêem as coisas de forma diferente. Eles não gostam de regras.
E eles não têm respeito pelo status quo. Você pode citá-los, discordar deles, glorificá-los ou difamá-los.


A única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas.
Enquanto alguns os vêem como loucos, nós vemos o gênio.

Porque as pessoas que são loucas o suficiente para achar que podem mudar o mundo geralmente são as que acabam mesmo fazendo isso [tradução livre]...Steve Jobs

E foi a partir de inquietações que idealizamos o Comitê de Secretariado Executivo do DF cujo objetivo é contribuir, discutir e fortalecer a profissão. 

Sem dúvida, hoje -  nesse primeiro encontro -  demos um importante passo.

A todos os membros do Comitê meu mais sincero agradecimento e gratidão!

Em breve publicarei maiores informações sobre o Comitê, os membros, os objetivos e os projetos que serão desenvolvidos. 

um forte abraço, 

Simara Rodrigues 




terça-feira, 5 de maio de 2015

IV Encontro de Secretariado do DF - Contagem regressiva





IV Encontro de Secretariado do DF
Dia 06/05 - às 19:30

Local: UPIS - 712/912 Sul - Brasília - DF

Participação gratuita

Palestrante: Isabel Baptista - Secretária Executiva, presidente do SINSESP, idealizadora e gestora do COINS, entre outras dezenas de habilidades que traduzem uma profissional admirável.

Aguardamos você!