sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Hábitos culturais e protocolares de outros países




Cultura é o conjunto de tradições, regras, ritos, práticas e costumes que conferem características próprias a um povo.

É impossível conhecer e dominar todas as culturas de todos os países, mas é
sinônimo de cortesia e de educação procurar conhecer alguns aspectos principais da cultura de um visitante estrangeiro. 

A CNI publicou em seu manual de eventos algumas dicas, com características que predominam na cultura de alguns países, que contribuirão para que você receba um visitante de forma cortês e gentil. Afinal, é o que se espera de um anfitrião.  

ALEMANHA

O aperto de mãos firme é usual quando as pessoas se encontram e quando se despedem.

A pontualidade é extremamente importante.

Nunca usar o primeiro nome antes de ser convidado a fazê-lo.

A posição hierárquica é muito importante em reuniões de negócios.

Alemães do norte são, em geral, mais quietos e reservados. Os do sul são mais sociáveis.

Respondem ao telefone dizendo seus nomes.

Reuniões de negócios, depois das refeições. Cafés da manhã para tratar de negócios estão fora de cogitação.

É falta de educação colocar as mãos no colo quando estiver comendo.

Ficar com a mão no bolso é grosseria.

Assuntos agradáveis: esportes, automóveis, futebol e profissões.

Assuntos desagradáveis: política, relacionamento (da parte Oriental) com a antiga URSS, 2.ª Guerra Mundial, esportes norte-americanos.

Perguntar, por cortesia, como vão a esposa e os filhos é considerado como ofensa grave.

ARÁBIA SAUDITA

Os cumprimentos costumam ser cerimoniosos.

O aperto de mãos (em geral muito suave) pode ser acompanhado de um toque no braço ou no ombro. Depois de várias visitas, podem até abraçar no cumprimento.

Apreciam dar presentes luxuosos.

Usualmente, são muito rígidos em relação a preceitos religiosos e de alimentação.

Quando o café é servido, significa o término da reunião.

As primeiras visitas são para as pessoas se conhecerem. Pode demorar vários dias até se entrar nos assuntos de negócios. É rude tentar apressar as coisas.

Demonstrar primeiro reconhecimento às pessoas mais velhas.

Nunca criticar ou chamar a atenção de alguém em público.

Ficar numa posição em que a sola do sapato fique de frente para o outro é demonstração de grave desrespeito.

A mão direita é para coisas públicas e a esquerda para coisas privadas.

Em eventos empresariais, não se deve dar ou receber alguma coisa com a mão esquerda. Jamais comer com a mão esquerda.

Colocar as mãos na cintura é considerado desafio ao outro.

Não gostam de cães como animais domésticos.

Assuntos agradáveis: história, cultura e o respeito à fé islâmica.

Assuntos desagradáveis: Israel, blasfêmias e o papel das mulheres.

ARGENTINA

Os títulos das pessoas são muito importantes.

O italiano é o segundo idioma do país.

Longas refeições e conversas são normais nos encontros de negócios.

Cruzar o garfo e a faca sobre o prato significa “estou satisfeito”.

Assuntos agradáveis: futebol, história, cultura, casa e crianças, tango e Carlos Gardel.

Assuntos desagradáveis: os anos Perón, religião, ilhas Malvinas/
Falklands.

AUSTRÁLIA

O aperto de mão firme é normal.

Os australianos costumam ser calorosos, amistosos e informais.

Falam diretamente e com muita freqüência. Não gostam de insinuações.

Não gostam de divisões de classes, por exemplo: quando estão sozinhos sentam-se na frente com o motorista de táxi.

Valorizam amizades pessoais bem próximas.

Têm muito senso de humor, mesmo em situações tensas.

Apreciam a pontualidade.

Mostram suas discordâncias sem rodeios.

Acham que as pessoas de outros países sabem muito pouco da
Austrália.

CINGAPURA

Apresentação com aperto de mãos é o comum.

Têm cuidados especiais com a pronúncia dos nomes.

Todos falam inglês, embora tenham ascendência chinesa.

Têm orgulho de ser práticos e diretos.

Não é costume trocar presentes no relacionamento de negócios.

O café da manhã costuma ser muito simples.

Podem fazer perguntas como: “quanto você ganha?”

É uma sociedade praticamente não-fumante.

As mulheres são tratadas com igualdade pelos homens nas situações de negócios.

Assuntos agradáveis: país limpo e economicamente saudável.

Assuntos desagradáveis: desrespeito ao tamanho do país.

ESTADOS UNIDOS

Aperto de mãos firme e contato “olho no olho” são regras nos
cumprimentos.

Evitar contato corporal (beijos e abraços) ao cumprimentar.

A pontualidade é importante.

Não gastar muito tempo com “conversa fiada”. O princípio de que “tempo é dinheiro” é muito valorizado.

O tratamento pelo primeiro nome é usual, dependendo da classe social e da região.

A refeição principal é a da noite. O almoço é muito leve.

Cafés da manhã de negócios são comuns

Poucos americanos falam outra língua que não o inglês.

Gostam de reuniões de negócios/entretenimento em casa.

Assuntos agradáveis: esportes, família, negócios.

Assuntos desagradáveis: poder/dominação americana.


FRANÇA

São formais e conservadores no protocolo de negócios.

Os primeiros nomes são usados raramente, mesmo entre colegas.

Têm grande orgulho da história, do idioma, do sistema educacional, da cultura e das artes francesas.

Apertos de mãos são freqüentes, mas em geral muito breves e não
muito fortes.

Excelente cozinha e vinhos finos.

A refeição principal, em geral, é a do meio-dia.

As decisões costumam ser tomadas depois de muita deliberação.

Conversas durante o jantar são importantes e geralmente longas.

Assuntos agradáveis: comida, esportes e cultura.

Assuntos desagradáveis: preços, dinheiro, questões pessoais e as duas
grandes guerras.


GRÃ-BRETANHA

Inglês falado de maneira bem mais formal que em outros países.

Conservadores no vestir, em situações sociais e nas práticas de
negócios.

Títulos e honrarias são importantes.

Geralmente, apreciam animais domésticos.

A regra é marcar visita com grande antecedência.

Respeitam a privacidade pessoal – evitam questões pessoais.

Nas refeições, é demonstração de polidez recusar uma segunda porção.

Aperto de mãos firme é usual quando as pessoas se encontram e
quando se despedem.

A pontualidade é extremamente importante.

Nunca usar o primeiro nome antes de ser convidado a fazê-lo.

A posição hierárquica é muito importante nas reuniões de negócios.

Assuntos agradáveis: história, arquitetura e jardinagem, direitos
humanos.

Assuntos desagradáveis: religião, Irlanda do Norte, dinheiro e preços.

ISRAEL

Cumprimentam-se apertando as mãos.

O dia sagrado para os judeus ortodoxos é o sábado, que começa com o pôr-do-sol de sexta-feira.

A pontualidade é apreciada.

Flores e livros são presentes bem vistos.

Assuntos agradáveis: cultura, história e religião.

Assuntos desagradáveis: a ajuda dos Estados Unidos, os territórios
ocupados e a situação econômica.

JAPÃO

Curvar-se é a forma tradicional de cumprimento. Quanto mais baixo, melhor.

A troca de cartões é feita antes de curvar-se.

O aperto de mãos é comum, mas sempre de forma suave.

É considerado grosseiro manter longo ou freqüente contato “olho no olho”.

Paciência, humildade e polidez são consideradas grandes virtudes.

Comunicação indireta é mais aceitável do que a direta. Frases são muitas vezes incompletas para que o interlocutor as conclua por conta própria.

Manter a harmonia é mais importante do que lucros maiores ou mais vendas.

Evite levar seu cônjuge a um jantar de negócios, mesmo que o anfitrião japonês convide. O convite é mera formalidade.

Em muitas empresas japonesas, é comum que novos contratados sejam enviados para um instituto da própria empresa para receber orientação espiritual e passar a ter orgulho da empresa.

Assuntos agradáveis: história, cultura e artes.

Assuntos desagradáveis: 2ª Guerra Mundial.


MÉXICO

A pontualidade não é rígida.

A refeição principal do dia é feita entre 13 horas e 16 horas.

Evite usar o primeiro nome antes de ser convidado a fazê-lo.

Mãos na cintura sugerem agressividade.

Mãos no bolso são vistas como falta de educação.

A morte é celebrada. No dia de finados há brinquedos, roupas, canções,
danças e comidas especialmente alusivas à data.

Assuntos agradáveis: cultura mexicana, história, artes e museus.

Assuntos desagradáveis: imigrantes ilegais, terremotos e pobreza.

REPÚBLICA POPULAR DA CHINA

O cumprimento usual é um aceno de cabeça ou curvar-se lentamente.

Os chineses podem fazer perguntas muito pessoais, como quanto você ganha ou qual o valor da sua casa.

A senioridade e a posição hierárquica são muito importantes.

Cartões de visita devem ter um lado em chinês, e este lado deve ser o apresentado. Não espere receber um cartão do seu interlocutor em troca.

Tocar o outro, como tapas nas costas e abraços, não são bem-vistos.

Presentes são bem-vistos, mas devem ser modestos e oferecidos ao grupo e não a pessoas individualmente.

Esperam que pessoas de negócios sejam grandes especialistas nos assuntos que vão tratar.

Qualquer convite deve ter uma recíproca. Se um jantar é oferecido, espera-se convite para outro jantar. Quando um brinde é feito, espera-se uma recíproca.

A pontualidade é apreciada.

A saída de um jantar deve ser feita logo após o término da refeição. Os jantares festivos, usualmente, terminam entre 20h30 e 21h.

Qualidades muito apreciadas: dignidade, reserva, paciência, persistência, sensibilidade e respeito aos costumes e ao temperamento chinês.

Assuntos agradáveis: história, família, cultura e o progresso da China.

Assuntos desagradáveis: revolução cultural, sexo, riqueza, Taiwan e
política.

RÚSSIA

Quando se cumprimentam, os russos apertam as mãos e dizem seus nomes.

Entre amigos, o abraço de urso e o beijo nas faces (mesmo entre
homens) são comuns.

Provérbios russos: “Se você for viajar um dia, leve pão para uma semana”. “Paciência e trabalho, e tudo dará certo”.

Presentes apreciados: jeans, canetas de qualidade, álbuns de músicas e livros.

Bom assunto para conversar: a paz.

O tratamento informal é acrescentar ao nome de família (sobrenome) as terminações vitch para o homem e ova para a mulher. Os russos fazem isso também com os sobrenomes de outras nacionalidades. É ofensivo não aceitar esse tratamento.

Em público, os russos costumam se mostrar frios e desinteressados.

Fonte:
http://www.carlostakahashi.com.br/arquivos/site/ManualCNI.pdf

Um comentário:

  1. GOSTEI MUITO DESSE BLOG. O MEU É:
    http://www.ipanguacuagorablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir