quinta-feira, 15 de maio de 2014

Em Brasília 52 estabelecimentos recebem selo A da Vigilância Sanitária

Dos 212 comércios avaliados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal, vistoriados pela Vigilância Sanitária entre julho de 2013 e abril deste ano, apenas 52 receberam o conceito A. 

Outros 35 estabelecimentos não atenderam aos requisitos. A meta é categorizar 300 locais que vendem pratos à la carte, self services, sanduíches, sucos naturais, fast food, sushi/sashimi, massas, entre outros.

Um dos problemas verificados foi a falta de boas práticas de transporte, armazenamento e conservação dos alimentos. A análise verificou o número de coliformes termotolerantes, bactérias que podem se desenvolver nos alimentos que estão em temperaturas entre 10°C e 50°C. Em grandes quantidades no corpo humano, elas podem causar doenças, como intoxicações e infecções gastrointestinais. Os estabelecimentos reprovados tinham alimentos com um índice de coliformes acima do limite tolerado.

As análises foram divididas pela categorização de localização dos serviços de alimentação e as rotas turísticas. Os estabelecimentos verificados são das regiões de Brasília Norte e Sul (incluindo Asas Sul e Norte, hotéis, shoppings, Setor Comercial Norte e Sul, Setores Bancários e toda a região administrativa do Plano Piloto), Octogonal, Sudoeste, Guará, Cruzeiro, Lago Norte e Lago Sul. As empresas notificadas terão 30 dias para corrigir as falhas imediatas e seis meses para adotarem todas as regras do Manual de Boas Práticas. 


Sashimis

Os restaurantes japoneses entram no ranking como os mais autuados, com 71% de estabelecimentos notificados. De 14 locais inspecionados, 10 foram notificados.
"Os peixes crus são os alimentos que mais exigem cuidado na conservação e preparo. A temperatura ideal para a conservação é de – 2,5°C (negativo) e exige uma estrutura física com depósitos adequados, refrigeradores, piso, parede e teto revestidos com material liso e lavável, além de utensílios e uma superfície de contato própria para o alimento", enfatizou o gerente de Alimentos da Divisa.

Naturebas

De 31 estabelecimentos que vendem sanduíches naturais, 18 foram autuados (66%). A conservação desses alimentos exige muito cuidado, pois devem ser mantidos em temperatura abaixo de 0°C. "Alguns sanduíches ficam expostos em prateleiras de supermercados durante alguns dias e sem a devida conservação. Por isso, alertamos também para a procura por produtos novos que não ficam expostos por muito tempo em prateleiras", afirmou o especialista.

Marmitas

Os pratos prontos são os alimentos cozidos que ficam nos restaurantes do tipo self service, por exemplo. Esse grupo teve um menor número de notificações. De um total de 47 estabelecimentos, seis foram autuados e notificados. Os problemas encontrados foram locais inadequados para disposição dos alimentos servidos sob fervura e falta de vidro protetor na parte superior das panelas, em alguns lugares onde a comida fica muito tempo exposta.

Confira a lista dos restaurantes que receberam o selo A

Asa Norte

Beirute Francisco Emílio Dantas
Carpe Diem Brasília 
Dona Lenha
Feitiço Mineiro 
Maori Mercado 153 - Brasília Shopping
Pacífico Sushi Yang 
Restaurante Coco Bambu Pizzaria e Cozinha 
Restaurante Esquina Mineira 
Restaurante Green`s 
Restaurante Natural 
Spoleto Boulevard Shopping
Viena Boulevard 
Xique Xique 

Asa Sul 

Bsb Grill 
Cantina da Massa
Gibão do Parque
Mangai
Nazareth Café 
Restaurante Toda Hora
Baby Beef Rubaiyat
Subway 307 Sul

Cruzeiro 

Spoleto 
Subway

Guará 

Antiquarius Grill 
Barbacoa

Lago Norte

Forneria Parole 
Lunna Restaurante 
Mc Donald`s Iguatemi 
Outback Steak House 
Pobre Juan
Subway 
Vila Madá 
Yan Ping 

Lago Sul 

Ares do Brasil 
Bier Fass
Coco Bambu 
La Massas 
Manzuá 
Original Restaurante 
Restaurante Dom Romano 
Soho 
Taioba 
Trattoria do Rosário 
Veloce 

Octogonal 

Jin Jin - Terraço Shopping
Mc Donald`s - Terraço Shopping 
Spoleto - Terraço Shopping 


Sudoeste

Capital Steak House Spoleto 
Subway


Fonte: 
http://www.gpsbrasilia.com.br/1973/Noticias/LimposEAprovados_229691/

Nenhum comentário:

Postar um comentário