sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Qual seria a sua reação?

É disso que precisamos...Mais amor, mais gentileza, mais 
reciprocidade....Porque “O melhor modo de encontrar a si mesmo é se perder servindo aos outros.” - Mahatma Gandhi





Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=zD24jwC0fiI



quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Dicas de como se comportar no escritório

Texto simples, didático e que vale a pena conhecer! 

5 regras de comportamento no escritório

Todo ambiente de convívio social – seja qual for – tem suas regras. É assim dentro de uma casa, em uma reunião familiar e, ainda mais, em um escritório. Dentro do trabalho, lugar onde se passa grande parte do dia e se é submetido a testes diários de aprovação, é preciso estar atento às leis básicas de comportamento o tempo todo.


Qualquer vacilo pode ser dramático. Mas o inverso também é verdadeiro: saber como comportar-se pode ser sua escada para o sucesso.

Confira:

1 – Respeito. O engraçadão da turma pode até ser o mais celebrado, mas acredite: no fundo ninguém gosta muito dele. É matemático: se o espertão não poupa ninguém de suas alvejadas (ainda que “de brincadeira”), uma hora, em algum momento da jornada de trabalho, todos serão alvo. Se o comportamento bully garante popularidade na escola, o inverso ocorre no trabalho. Basicamente respeite para ser respeitado.

2 – Organização. A sua mesa de trabalho é um espelho fiel do seu comportamento. Manter os papeis organizados e arrumar seus pertences pega bem. Se sua mesa for compartilhada com colegas, o peso da regra triplica. Acredite: ninguém gosta de um bagunceiro. De um bagunceiro folgado então…

3 – Cuidados pessoais. Não apareça no trabalho com as roupas de ontem, nem com o cabelo desgrenhado. Passar a mensagem de que não se importa com a opinião dos outros colegas é diminuir a importância dos mesmos – e gerar antipatia contra você. Mas cuidado, pois o exagero também é punível. Não exagere na arrumação ou perfume. Escritório não é boate. E um pavão é o primeiro alvo das fofocas do cafezinho.

4 – Privacidade. Sabe aquele seu amigo no Facebook que compartilha todos os momentos da própria vida? A ida ao parque, ao restaurante, à praia, ao cinema, ao banheiro… Tome-o como exemplo e comporte-se exatamente ao contrário. E não se atenha ao campo virtual. Conversas particulares são chamadas assim por uma razão: serem particulares. Aquela conversa com a sua mulher ao telefone deve ser feita em voz baixa e fora do escritório. Ninguém quer saber dos seus problemas. Aqueles que genuinamente querem são seus amigos, e o palco da conversa deve ser a mesa do bar.

5 – Audição. Nem tente argumentar que a música e o isolamento expandem sua concentração e melhoram o seu desempenho: trabalhar com fones de ouvido é deselegante e passa a impressão de que você está alheio a seus colegas e aos problemas que o escritório enfrenta. Chato, não? Mas pode ficar pior. Experimente assobiar, batucar ou cantarolar a música. Desastre na certa.


Fonte: http://clubalfa.abril.com.br/carreira-financas/carreira/5-regras-de-comportamento-no-escritorio/

A arte de ser gentil no mundo contemporâneo


Ontem ao sair de casa, por volta das 06:40, quase fui atropelada por um vizinho – Eu no meu veículo e ele no dele - que só não passou por cima de mim, porque dei passagem. Outro dia, no trânsito, enquanto aguardava, como todos ali presentes o fluxo de veículos fazer o retorno, uma cena que me reportou à época pré-histórica - um motociclista simplesmente começou a chutar um carro, em movimento, porque ele estava andando devagar. Também outro dia, no noticiário uma briga entre duas mulheres no trânsito depois que uma delas bateu no carro da outra. 


Aonde vamos parar com tanta falta de civilização? Minha percepção é que caminhamos para um colapso emocional, pois só isso justifica tanta agressividade e falta de educação gratuita. 

Situações dessa natureza me fazem lembrar o filme "Um dia de fúria" protagonizado, na década de 90, por Michael Douglas, que a partir de situações diversas, vivenciadas pelo personagem, fazem com que venham à tona raiva, agressividade e violência. Parece-me que o stress tem feito parte do DNA das pessoas e com essa desculpa algumas têm adotado comportamentos absurdos. 

“Olho por olho e acabaremos todos cegos” disse Gandhi e é por isso que ainda acredito no poder de um sorriso, da gentileza genuína, da compaixão, da empatia e de um simples bom dia. Fico me perguntando se um cidadão que às 06:50 da manhã já atinge esse grau de stress, como será o seu dia de trabalho? E mais, como será o dia daqueles que convivem com ele – gestores, subordinados, pares, amigos e familiares. 

É sem dúvida um exercício manter o equilíbrio com tanto desequilíbrio e por isso algumas práticas podem contribuir como, por exemplo, praticar esportes, tomar iniciativa de cumprimentar pessoas, se afastar de pessoas mal humoradas, assistir bons filmes, ler bons livro e acreditar em si mesmo. 

Que tenhamos um bom dia :)  

Simara Rodrigues


Fonte imagem: Respirar yoga (facebook)

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Programa de Aperfeiçoamento para Secretariado - Invista em você!

Em continuidade ao calendário de treinamentos do IRR Training - Programa de Aperfeiçoamento para Secretariado - compartilho informações sobre os dois treinamentos previstos para acontecer em abril: 


Redação e Comunicação Empresarial para Profissionais de Secretariado 


Data: 29 de abril de 2014
Local: Transamérica Flat The Advance – Rua Bela Cintra, 1356 – São Paulo/SP


Objetivo: 

Esclarecer as suas principais dúvidas sobre o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, como acentuação, trema, hifens, uso do "h", grafia de nomes próprios estrangeiros, entre outras.

Comparar a forma usual ao ideário padrão para a escrita comercial, construindo um inventário para o melhor reconhecimento dos equívocos apresentados na escrita.

Promover a redação comercial eficiente e de impacto favorecendo as articulações comerciais.

Apropriar a linguagem comercial aos conceitos fundamentais determinados pela gramática;

Desenvolver melhor a comunicação escrita, visando à clareza, precisão e concisão da linguagem;

Ressaltar as formas de tratamento apropriadas para o texto comercial;

Reconhecer as prováveis diferenças de estilo nos textos empresariais.

Rever e discutir tópicos gramaticais de apoio essenciais para aperfeiçoar os conhecimentos dos participantes para a elaboração de textos;

Habilitar o profissional para a elaboração e revisão críticas dos diversos documentos empresariais;

Construir textos com precisão gramatical e efetividade comercial




Comunicação Escrita em Língua Inglesa para Profissionais de Secretariado 

Data: 30 de abril de 2014
Local: Transamérica Flat The Advance – Rua Bela Cintra, 1356 – São Paulo/SP

Objetivos: 

Desenvolver a excelência na comunicação empresarial em inglês, para que você possa aproveitar ao máximo as experiências profissionais deste idioma, através da: 

Elaboração de textos mais claros, objetivos e concisos; 

Produção de textos empresariais, com coerência e coesão textuais; 

Aplicação das regras gramaticais do idioma como garantia de excelência do seu texto empresarial; 

Comunicação virtual; 

Serão apresentadas dicas, orientações práticas e cuidados especiais necessários na comunicação em língua inglesa: diferenças, adequações, práticas na formalidade e informalidade da comunicação empresarial para otimizar melhores resultados das ferramentas de comunicação mais utilizadas em sua rotina profissional, tais como, e-mails, apresentações, relatórios, cartas comerciais/ofícios, atas de reuniões, etc. 

Este curso irá lhe capacitar para escrever com independência e segurança em inglês com maior facilidade e organizando suas ideias para criar impacto e adaptando sua escrita às necessidades dos destinatários. 


Palestrante: Catarina Formigli

Catarina Formigli é profissional de experiência reconhecida em Comércio Exterior e Procurement de empresas multinacionais e nacionais de grande porte. São 13 anos de atuação em ambiente corporativo incluindo exposição internacional. Catarina Formigli é mestranda em Comunicação e Cultura pela UNISO, possui MBA em Gestão Empresarial, MBA em Comércio Internacional, MBA em Supply e Logística e certificação para ensino de Língua Inglesa pela Universidade de Cambridge. Foi professora das disciplinas de Comércio Exterior e Logística Internacional em curso de pós-graduação na UNIUBE de 2009 a 2012 e Marketing Internacional para o curso de Secretariado Executivo da Unime- SSA, adaptou o ensino da linguagem, gramática e produção textual para o mercado de comunicação corporativa.


Para maiores informações acesse: 

http://www.informagroup.com.br/site/hotsite_iir.asp?idevento=464

http://www.informagroup.com.br/site/hotsite_iir.asp?idevento=465

ou envie um e-mail paraalexandre.zamora@informagroup.com.br


Leitores do blog SECRETARIAR É UMA ARTE possuem desconto especial de 10%* 

*Descontos não cumulativos


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Oportunidade para a área de Secretariado Executivo


Vaga: Secretaria Executiva Bilíngue
LAGO SUL - DF
UNIDADE VÉLI : Veli - Distrito Federal
Cliente: Confidencial

Descrição

Principais atividades:

Gerenciar e manter a agenda de reuniões, compromissos e viagens, auxiliando em suas tarefas administrativas;

Redação de correspondência oficial;

Coordenação de reuniões oficiais e eventos;

Prestar serviços em idiomas estrangeiros;

Perfil desejado

Conhecimento básico de informática e outlook.

Fluência em Inglês (oral, escrita).

Experiência em embaixadas será um diferencial.

Fonte: http://www.velirh.com.br/site/oportunidades/?estado%5B%5D=7&multiselect_estado%5B%5D=7

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Seis regras para simplificar a crescente complexidade profissional




Mais um vídeo da séria TED e que vale muito a pena. 

Por que as pessoas se sentem tão infelizes e descomprometidas com o ambiente de trabalho? A resposta é que, hoje em dia, a complexidade dos negócios é cada vez maior e mais estonteante. Além disso, os pilares tradicionais da gestão estão obsoletos, de acordo com Yves Morieux. Com isso, ele afirma que cabe aos funcionários se desdobrarem para dar conta das interdependências. 
Nesta palestra dinâmica, Morieux apresenta as seis regras da "simplicidade inteligente". 

Regra número um: entenda qual é a verdadeira função dos seus colegas;
Regra número dois: É necessário dar mais ênfase aos gestores;
regra número três: aumentar a qualidade total de energia;
regra número quatro: fazer com que o futuro esteja presente ;
regra número cinco: aumentar a reciprocidade;
regra número sei: recompensar aqueles que cooperam.


Fonte: http://www.ted.com/talks/yves_morieux_as_work_gets_more_complex_6_rules_to_simplify.html

No site oficial é possível assistir ao vídeo legendado 
 

IESB contrata Secretária (o) Executiva (o)

Centro Universitário IESB
Secretária (o) Executiva (o)
Ensino superior completo, inglês avançado ou fluente, espanhol nível básico, conhecimento de informática nível intermediário, redação própria e experiência na área de Secretariado.
Nível - Direção
Necessário registro SRTE
Experiência em reitoria será diferencial

Os interessados devem acessar o endereço: www.iesb.br  - link "contato/trabalhe no IESB" e cadastra o seu currículo ou enviar para o endereço: capitalhumano@iesb.br

Fonte: Correio Braziliense - 23/02/2014






sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Leitura - O melhor remédio para a ignorância



Penso que escrever bem é um dom. Lembro-me, com muito carinho, de ter trabalhado com uma advogada que qualquer texto era impecavelmente redigido. Era prazeroso ler o que ela escrevia. Na época, entre minhas atribuições como Secretária, estava a verificação dos padrões de qualidade dos documentos que tramitavam na área. Seus documentos, em especial, eram aqueles que além de bem redigidos eram objetivos, concisos, claros e de fácil entendimento, até mesmo para quem não era especialista no assunto. Enfim, ela era uma pessoa fora de série. 

Mas também acredito que escrever bem seja uma habilidade que pode ser adquirida ao longo da vida. 


Chega a ser lamentável receber alguns e-mails ou correspondências que é necessário ler uma, duas, três vezes para tentar entender o que o remetente pretendia dizer. 

Por isso, se você não for um desses “fora de série” uma alternativa é criar o hábito da leitura. 

Infelizmente, nem sempre as pessoas são incentivadas pelos pais, parentes e educadores a adquirir este hábito e assim surgem os adultos considerados analfabetos funcionais, indivíduos que não conseguem ou têm dificuldades para interpretar textos, articular ideias e escrever de forma mais elaborada. 

Criar o hábito da leitura para muitos indivíduos pode ser uma barreira. Mas segundo os especialistas, é algo que se desenvolve de maneira simples e surge da prática diária e de maneira repetida.

Sendo assim, algumas práticas podem contribuir:

Começa devagar – Comece por leituras simples. Escolha uma literatura que te agrade, que seja prazerosa. Nada de começar por livros complexos e extensos. Se você começar, por exemplo, por um livro de 488 páginas é possível que você demore 1 ano, com sorte, para concluir sua leitura. 

Leia revistas – Revistas são sempre um ponto de partida, considerando seu informativo. Sem deixar de mencionar que a partir desta leitura podem surgir indicações de novas leituras. Evite focar em revista de fofocas, embora elas sejam muito bem-vindas naquele horário do salão de beleza. Ou seja, elas tem o seu lugar. Opte por revistas que tragam informações sobre o cotidiano, mercado de trabalho, aspectos humanos e etc. 

Pratique – Procure reservar pelo menos 30 minutos do seu dia para esse hábito. A conta é muito simples: Em 30 minutos você é capaz de ler 15 páginas, pelo menos, isso ao longo de um mês significa 450 páginas. Simples não? 

Organize-se – Muitas pessoas reclamam que não leem porque não têm tempo, quando na verdade todos nós temos o mesmo tempo disponível. O que nos difere dos outros indivíduos é exatamente a maneira como planejamos nosso tempo. Ler no ônibus, no avião, na praia, na piscina, na fila de banco ou no horário da novela são algumas alternativas. 

Use o dicionário – sabe aquela palavra que você desconhece quando está lendo um livro? Marque-a e procure o significado. Pior do que não saber é não procurar descobrir. 


Peça sugestões - Se estiver em dúvida sobre o que lê, peça indicações aos amigos, docentes e gestores.


Hábito infinito - Toda leitura nos leva a uma nova leitura. Então, tome nota das indicações dos autores e das referências bibliográficas.   


A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede. Carlos Drummond de Andrade

Equívocos ao praticar Networking





Seja na faculdade, na rua, no cursinho, no happy hour ou no mundo dos negócios ouvimos falar, com frequência, da importância do Networking para nossa visa pessoal e profissional. 


Ocorre que muitas vezes, na ânsia de criar de uma rede de contatos as pessoas cometem alguns equívocos e o resultado pode ser desastroso. Conheça alguns deles: 

O Bajulador – É importante entender que Networking significa construir relações, ou seja, um processo que leva tempo. Por isso, “forçar a amizade” não será uma boa alternativa. Dessa forma, é importante saber dosar o grau da relação e o bom senso que, como em qualquer situação, poderá ser um termômetro. 

O Interesseiro – Quer coisa mais desagradável do que receber uma ligação daquele colega que não fala com você há anos para pedir um emprego ou um favor? O problema não está no pedido, mas em lembrar somente na hora de dificuldade. Por isso, sempre que possível, envie uma mensagem, faça uma ligação, encaminhe um e-mail, enfim, mande “sinal de fumaça”. 

O Falador – evite ser o falador nos eventos, encontros e rodas de amigos. O famoso “especialista” – aquele que sabe tudo, resolve tudo, conhece todo mundo – Deixe que as pessoas também falem. Mostre interesse pelos assuntos dos outros e participe da conversa. 

O Agressivo – respeitar a opinião dos outros não significa concordar. Portanto, cuidado com a agressividade na forma de expressar suas ideias, principalmente em assuntos polêmicos, como política, religião, futebol e sexualidade. E quando não tiver nada de interessante para falar opte pela regra de ouro: fique calado. Essa postura, sem dúvida, contribuirá para que sua rede de contatos seja construída, mantida e ampliada. Afinal, ninguém gosta de conviver com pessoas, que dependendo do assunto, podem explodir. Seja agradável!

Arroz de festa - Quantidade não significa qualidade, e esta regra também se aplica ao Networking. Não adianta nada você estar em todos os eventos sociais - Almoço, jantar, balada, festa, chá de fralda, churrasco  -  e passar o tempo todo ao telefone trocando mensagens ou ainda ficar mudo e recolhido em um canto. Valorize seus encontros, aproveite para jogar conversa fora, rir, descontrair, e trocar experiências. 


E então, um belo dia você descobre que vive melhor quem tem competência para se relacionar, sendo que essa habilidade vai muito além de números (quantidade de amigos no Facebook, quantidade de saídas durante o mês...) Mas isso é assunto para outro post. 





Um abraço, 


Simara Rodrigues

Gestão Estratégica para Secretariado

Pessoal, 

Para quem deseja adquirir ou aprimorar conhecimentos esta é uma ótima oportunidade! Os cursos realizados pela IRR Training são fantásticos! 


Leitores do blog SECRETARIAR É UMA ARTE possuem desconto especial de 10%* 

*Descontos não cumulativos


Gestão Estratégica para Secretariado

27 e 28 de março de 2014

Transamérica The Advance - Rua Bela Cintra, 1356 – São Paulo/SP



Este treinamento tem o objetivo de mostrar o novo perfil de sua profissão, entendendo o cenário atual, onde você está inserido, as expectativas da empresa e as perspectivas para o futuro. Para que você potencialize novas habilidades e conquiste resultados positivos, você precisa maximizar técnicas e ferramentas modernas. 


Com dois dias de muita atividade, dinamismo e praticidade, você aprenderá e colocará em ação, todos os aspectos chave de sucesso no gerenciamento de sua carreira e apoiar a sua empresa para atingir seus objetivos de negócios.


O programa abordará:

- O papel e a função do profissional de secretariado hoje e o mercado de trabalho

- As competências comportamentais exigidas ao novo perfil

- Aperfeiçoamento de habilidades de planejamento e organização

- Etiqueta empresarial e marketing pessoal

- O trabalho em equipe na busca de objetivos comuns

- A importância da comunicação no atendimento ao cliente

- O papel do profissional de secretariado atuando como relações públicas


Para maiores informações acesse o site: www.informagroup.com.br/dt03017 ou envie um e-mail para alexandre.zamora@informagroup.com.br


Se preferir, entre em contato com nossa Central de Atendimento pelo telefone (11) 3017 6888 ou envie um e-mail para customer.service@informa.com.



quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Qual a melhor pós-graduação?



Formei, e agora que pós-graduação escolher? Essa é uma pergunta de muitos recém-formados, afinal, são vários os caminhos a serem trilhados a partir da formação. E no Secretariado não poderia ser diferente, uma vez que esta Profissão possibilita a atuação em diversas áreas. 

No entanto, antes de tomar uma decisão é necessário responder algumas questões, que embora não sejam fáceis, contribuirão para a melhor escolha: 

O que você quer da sua carreira? – Nesse momento você precisa identificar quais são seus objetivos, isto é, que área deseja atuar. Delimite suas aspirações: Quero ser Secretário Executivo na Presidência da empresa X ou quero atuar na área financeira. 


O que gosta de fazer? - Ter prazer naquilo que faz é o ponto de partida para qualquer escolha. Não adianta escolher a área financeira, por exemplo, se você não gosta de cálculos e matemática. Gostar daquilo que fazemos significa sair de casa disposto, com vontade, com bom humor e feliz. Esses são alguns sintomas que podem medir sua satisfação. Evite escolher uma especialização a partir de especulações. Acumular títulos não será um diferencial. 

Qual é o seu perfil? – Você melhor do que ninguém precisa se conhecer. Nem sempre as empresas ou gestores têm o hábito te dar feedback, por isso conhecer seus pontos fortes e fracos será fundamental para a sua carreira. Quais são suas vantagens competitivas? O que você tem que o difere dos outros? O que você sabe fazer melhor do que algumas pessoas? quais são suas habilidades? Seus conhecimentos? 

A partir dessas considerações será possível identificar a pós-graduação que melhor se enquadra aos seus objetivos e perfil. 

Pós-graduação - Lato sensu - Tem uma duração média de 18 meses e é a opção para quem quer aprender técnicas ou habilidades especificas para aplicação no cotidiano do trabalho. 

MBA - Master Business Administration – Também com duração média de 18 meses, é uma especialização na área de negócios e indicada para aqueles que já possuem alguma experiência profissional e desejam se preparar para liderar pessoas, assim como entender o negócio. 

Pós-graduação - Stricto Sensu – Tem uma duração média de 24 meses e é a opção para quem deseja atuar na área acadêmica. É um período de envolvimento mais intenso com a pesquisa científica.

 

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Fenassec pede ao MEC para retificar editais de Concursos para cargos de Secretariado Executivo

A Federação Nacional das Secretárias e Secretários (Fenassec) deu entrada, no Ministério da Educação, num pedido de retificação dos critérios de admissão de profissionais para o cargo de Secretariado Executivo, pois tais seleções permitem que profissionais formados em Letras ocupem cargos em concursos públicos de Secretários Executivos. O pedido é especificamente para as universidades federais e os institutos federais de educação.

Há diversos concursos federais em vários estados do país para o cargo (ver quadro abaixo ou no link http://concursosnobrasil.com.br/concursos/cargos/secretario-executivo.html). Os institutos federais de Pernambuco, Brasília, Paraná, Pará e Roraima estão com inscrições abertas.

A profissão de Secretariado Executivo vem sendo ocupada por profissionais de Letras nestes órgãos por conta da Lei nº 11.091/2005, que dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação, no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao Ministério da Educação, que admite a formação em letras para atuar como Secretário Executivo.

Para a presidente da Fenassec, Bernadete Lieuthier, a lei 11.091/05 comete um “grave equívoco” ao permitir que estes concursos, referentes ao MEC, tenham cargos de secretários sendo ocupados por profissionais de letras, prejudicando a categoria de Secretariado. “A categoria vem pressionando para resolução deste problema. A profissão de Secretário Executivo como profissão devidamente regulamentada, é reconhecida e diferenciada no aspecto de atuação. Solicitamos a retificação deste erro na lei e assim fazer constar tão somente como requisito de qualificação, a formação em Secretariado Executivo e/ou seu registro profissional, garantindo assim, um direito legítimo da categoria”.

A presidente Bernadete informa que já existe projeto de alteração da Lei 11.091/05, onde será contemplada a retificação dos requisitos para ocupação dos cargos de Secretariado, entretanto em discussão, há mais de um ano, nas instâncias pertinentes. A Fenassec requereu a medida ao MEC no intuito de agilizar a solução do problema.

Audiência no MEC - No documento, enviado ao Secretário de Educação Superior, Paulo Speller, no dia 18/9 e entregue à coordenadora-geral de Legislação e Normas da Educação Superior do MEC, Priscila Cândido Ubriaco de Oliveira, a Fenassec pede justiça, solicita as correções e informa que a reivindicação representa o anseio da categoria e das entidades representativas. “O MEC adiantou que irá tomar providências e que seria solicitado um parecer técnico. Pediu que aguardássemos o contato de retorno, mas há concurso em andamento”.

O documento faz uma explicitação de motivos, com um histórico do Secretariado Executivo e mostra as diferenças entre as duas profissões, definindo em primeiro lugar que a profissão de Secretariado é regulamentada desde 1985 (Lei nº 7.377, de 30/09/85, atualizada pela Lei 9.261 de 10 de janeiro de 1996). “Há 28 anos temos a regulamentação. Este fato, que não pode ser ignorado e desrespeitado, exige para o exercício regular profissional a formação de curso superior (bacharel) em Secretário Executivo e formação de nível médio (técnico) Secretário, além do registro profissional”.

Fonte: https://www.facebook.com/Fenassecnacional



quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Vagas para a área de Secretariado Executivo

Pessoal, 

Compartilho algumas vagas disponíveis para a área. Todas foram divulgadas no site www.vagas.com.br  



Seretaria Executiva (v894991)

Código da vaga:v894991
Nível hierárquico:Pleno
Local:Brasília / DF / BR
Quantidade de vagas:1
Data de expiração:13 de Março de 2014

* Empresa de segmento de TI contrata Secretária Executiva

Benefícios: Vale alimentação + Vale transporte + assistência medica e odontologia + Seguro de vida.

Salário: R$ 2.629,46

Requisitos: Curso superior em secretariado em nível de bacharelado ou tecnólogo, registro funcional no MTE, experiência comprovada em carteira.

Descrição do cargo:Assessorar os executivos no desempenho de suas funções,atendendo pessoas (cliente externo e interno), gerenciando informações, elaborar documentos, controlar correspondência física e eletrônica, prestar serviços em idioma estrangeiro, organizar eventos e viagens, arquivar documentos físicos auxiliando na execução de suas tarefas administrativas e em reuniões.






Secretária (v894175)

Código da vaga:v894175
Nível hierárquico:Supervisão/Coordenação
Local:Brasília / DF / BR
Quantidade de vagas:1
Data de expiração:12 de Março de 2014
Formação: Superior Completo Secretariado Executivo

Responsabilidades:
Primeiramente atuará como Assistente administrativo, como: lançamento de contas, agendamento de Viagens (reserva de hotéis, passagens aéreas, taxi), correio.
Responsável pela diretoria Industrial. 

Requisitos: 
Conhecimento em pacote oficce.
Inglês intermediário.





Secretária Executiva (DF) (v893669)
Vaga exclusiva para deficiente
Código da vaga: v893669
Nível hierárquico:Auxiliar/Operacional
Local: Brasília / DF / BR
Data de expiração:08 de Abril de 2014
Atividades

A profissional irá atuar diretamente com a Sócia e Diretora do escritório, executando as atividades de secretaria, como:

- Apoio à área administrativa (pagamentos, solicitação e controle de materiais, controle de estoque);
- Solicitação de passagens e hotéis;
- Controle de agenda (reuniões, calls e compromissos);
- Apoio a eventos;
- Arquivo;
- Tradução simples (quando necessário);
- Apoio à área de negócios (quando necessário).


Requisitos

- Ensino médio completo (superior será um diferencial);
- Experiência em secretariado / assessoramento gerencial;
- Inglês avançado / fluente;
- Imprescindível domínio do pacote Office (Word, Excel e PowerPoint).

Benefícios

Os salários são compatíveis com o mercado, com ótimos benefícios de acordo com a política da empresa.

Vale transporte;
Vale Refeição / Vale Alimentação;
Plano de saúde;
Previdência Privada;
Seguro de vida em grupo;
Participação nos Lucros e Resultados;
Auxílio creche (crianças até 2 anos);
Universidade Corporativa com cursos e incentivos educacionais (reembolso da graduação).


Fonte: http://www.vagas.com.br

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Gentileza gera gentileza





Uma das experiências mais fantásticas vivenciadas na docência é a troca de conhecimento e afinidade que tenho com os meus alunos. Apesar dos diversos cenários e segmentos de atuação percebo que muitas situações se repetem, independentemente do status social, da escolaridade, de esfera Pública ou privada. 

Ontem, em um determinado momento da aula falávamos sobre a incapacidade de algumas pessoas em serem gentis no ambiente de trabalho. 

Coincidência ou não, estou lendo o livro “A arte de ser leve” da jornalista Leila Ferreira. O livro que foi escrito a partir de entrevistas com diversos personagens, (artistas, doutores, psicólogos, educadores e etc) traz como tema central o desafio de lidar com a questão da felicidade. 

Por meio de considerações teóricas sobre a busca do bem viver e através do olhar e da experiência de vida dessas pessoas a autora nos permite enxergar de forma muita simples o caminho para a leveza. O livro que é dividido em capítulos possibilita uma reflexão acerca de atitudes simples em direção da gentileza, do bom humor, da descomplicação e da convivência.

Para a autora a Gentileza é qualidade de vida. Por um motivo muito simples: a vida é feita de relacionamentos e vive melhor quem tem competência para se relacionar e faz parte dessa competência tratar o outro com civilidade e respeito.

Segundo Leila, o estresse acabou virando uma espécie de desculpa universal para comportamentos injustificáveis. Uma pessoa passa por você no corredor e finge que está ao telefone só para não te cumprimentar, não faz questão de segurar uma porta ou o elevador quando vê alguém se aproximando, se chega em um ambiente não se preocupa em cumprimentar as pessoas. E assim o bom dia, boa tarde, obrigado e por favor vão sendo abolidos da rotina. 

Quem atua na área de secretariado pode perceber esse comportamento de forma mais acentuada, afinal, muitos são os gestores – que deveriam dar o exemplo de civilidade - que tratam as pessoas como invisíveis. Já perdi as contas de quantas vezes me senti “a mulher invisível” quando alguns indivíduos entram porta adentro, sem um simples cumprimento, isso quando não sou obrigada a usar minha bola de cristal para saber o nome e área dessa pessoa. 

O que não invalida o mesmo comportamento por parte de alguns colaboradores que ao passarem pelo corredor, por exemplo, optam pela cara de paisagem ou carrancuda. Isso é claro, até que precisem de algum apoio ou gentileza, aí somos promovidos a querido e meu bem, no meu caso especifico até de “Si”. 

Diante desse cenário é preciso muita cautela e o interesse genuíno em tratar o outro como gostaríamos de ser tratados. É importante perceber que nossa postura não pode ser pautada pelo comportamento grosseiro de algumas pessoas.  

Definitivamente, compartilho da afirmação de Leila Ferreira: Temos que aprender a deixar o "eu" um pouco de lado para conviver com mais generosidade, mais consideração, mais delicadeza. 

Ainda não conclui a leitura, mas até aqui a autora já me conquistou com sua forma simples de encarar a vida!

Simara Rodrigues 

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Vestibular para Secretariado Executivo na UPIS



Ainda dá tempo!!! 

http://www.upis.br

SECRETARIADO EXECUTIVO

O curso de Secretariado Executivo da UPIS foi pioneiro em Brasília e incentiva a formação de profissionais para assessorias executivas em organizações públicas e privadas. Os alunos são preparados para gerenciamento de escritórios ou gabinetes, tradução, elaboração de apresentações, organização de eventos empresariais e assessoria de alta gerência e diretorias.

O curso dá ênfase na área de administração de empresas e oferece iniciação e aperfeiçoamento das línguas portuguesa, inglesa e espanhola, unindo conhecimentos técnicos com aulas em laboratório modelo, desenvolvendo nos alunos as habilidades mais exigidas no mercado de trabalho e oferecendo condições para a incorporação de atitudes que os conduzam ao pleno exercício da profissão, com criatividade, iniciativa, liderança e responsabilidade e a discrição que norteia essa atividade.


» INVESTIMENTO
R$ 740,67 (Desconto de 10% para pagamento até o dia 10 de cada mês. O desconto não incidirá no valor da matrícula).
Financie seu curso em até 100% pelo FIES e conheça o Crédito Educacional UPIS, acesse aqui.

» PERFIL PROFISSIONAL

Exatidão, discrição, iniciativa, organização, facilidade de trabalhar em equipe, habilidade de transmitir ideias e capacidade de resolver problemas.

» INFORMAÇÕES


- Titulação: Bacharel em Secretariado Executivo
- Duração: 7 semestres
- Projeto Pedagógico: Acesse aqui
- Grade Curricular: Acesse aqui





Jargões utilizados no mundo corporativo



Diálogo entre Executivo e Secretária (o): 

“Solicite um briefing da viagem que acontecerá na próxima semana. Nossos CEO e CFO estarão presentes. Peça a área comercial que nos informe qual é o nosso Market Share, por Estado. Preciso de um Follow up o quanto antes.” 

Entendeu?

É cada vez mais comum, no mundo corporativo, o uso de expressões e jargões para otimizar a comunicação. Por isso é importante conhecermos as expressões que mais aparecem em um simples diálogo. Porque fazer cara de “paisagem” é que não dá!


Brainstorming - Oportunidade para expor ideias livremente - sem censura - como ponto de partida para um projeto

Briefing - Relatório, resumo de informações feito a partir de coleta de dados

CEO - chief executive officer

CFO - Chief financial officer

COO - Chief operating office

Deadline - Prazo final

Downsizing - redução dos níveis hierárquicos de uma organização

Follow up - Acompanhar uma discussão, acompanhamento de projeto, negócio ou cliente, revisão das tarefas que foram geradas após uma reunião

Full time - Tempo integral

GAP - Intervalo 

Headcount - Número de pessoas que trabalham em determinada equipe ou empresa

Insight - percepção, "estalo". pode ser aquele momento em que novas ideias surgem

Job rotation - "rodízio" de funções ou de departamentos

Kick-off - dar o primeiro passo, começar

Know how - conhecimento

Market share - Fatia de mercado

Meritocracia - Promoção fundamentado no mérito pessoal

Networking - Rede de contatos, rede de relacionamentos

Outsourcing - Mão de obra terceirizada com o intuito de reduzir os custos internos

Payback - Retorno de investimento.

BPO - Business process outsourcing - terceirização de processos de negócios

Player - Empresa que está desempenhando algum papel em algum mercado ou negociação. 

Stakeholders - Grupos interessados na atividade da empresa: acionistas, governo, clientes, funcionários, fornecedores, sociedade...

Top of mind - Marca ou produto mais lembrado espontaneamente

Turnover - Pode significar virada, renovação, reversão - É um conceito muito utilizado na área de rh para designar a rotatividade de pessoal. Rotatividade de funcionários dentro de uma empresa, medida pela média de pessoal que se mantém fixa na companhia

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Vaga para a área de Secretariado Executivo na WWF

Secretária(o) Executiva(o)
Empresa: WWF - Brasil

Vaga para Brasília
Nível hierárquico
Especialista | Analista | Assistente | Auxiliar
Descrição

SUMÁRIO: assessorar o Superintendente da LAI no dia-a-dia administrando a sua agenda, triando e-mails e telefonemas, organizando reuniões e eventos, fazendo planejamento de viagens e fornecendo suporte quando necessário, além de participar de reuniões e elaborar atas. PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES:
Fazer a gestão de contratos com parceiros e consultores no âmbito da LAI (inclusive recebimento de produtos, solicitação de pagamentos etc), providenciar logística para viagens de membros da equipe ou convidados (compras de passagem, reservas de hotéis etc) e dar andamento e seguimento em outros processos administrativos do WWF-Brasil (aprovações de termos de referência, solicitação de orçamentos, contratações, compras, etc), em interação com demais unidades da organização; Organizar e manter arquivos físicos e eletrônicos da LAI (os eletrônicos do e no Brasil, ou de e fora dele à distância), e manter a intranet da LAI atualizada (incluindo pastas e arquivos associados) e eventual interação com outros portais de informação eletrônica associados à LAI; Organizar a logística de eventos e reuniões da LAI, no Brasil ou fora dele, presenciais, telefônicos ou por outros meios à distância, ser responsável pelas minutas ou apoiar quem o faça, e ser a pessoa focal da LAI para procedimentos internos, administrativos e logísticos, no WWF-Brasil; 
Manter atualizados e acessíveis calendários de atividades da LAI, de eventos externos de interesse para a LAI e dos membros da equipe regional da LAI (férias, viagens etc.); Interagir com o ponto focal da LAI no WWF-EUA informando sobre andamento de processos no WWF-Brasil e outros assuntos de interesse da LAI, intercambiando informações para atividades da LAI, etc.  Ser responsável por compras de equipamentos de pequeno porte, material de expediente e outros para a LAI no WWF-Brasil, como também elaborar procedimento de compra quando necessário, e controlar o patrimônio da Iniciativa, no WWF-Brasil; Apoiar o(a) líder ou o(a) gestor de Operações do Programa da LAI junto à organização as reuniões presenciais ou à distância do Comitê Diretor (“Shareholders Executive Team”) da LAI e apoiar quem faça a minutas ou ser responsável por elas quando solicitado; Cuidar da agenda, viagens, reuniões, documentação, agendar reuniões e outros apoios ao líder da LAI e, quando necessário, agendar reuniões, apoiar a gestão de agendas e outros apoios aos demais integrantes da LAI, sobretudo no WWF-Brasil mas também fora dele; Colaborar com equipes financeiras a serviço da LAI no WWF-Brasil, no WWF-EUA e outros escritórios, bem como com o(a) gestor de Operações do Programa da LAI, para manter atualizadas informações sobre contratos, gastos, recursos disponíveis, etc.;  Ser a pessoa de contato para o público interno e externo, particularmente na ausência de integrantes da Iniciativa no WWF-Brasil e particularmente em Brasília; Atuar, em cooperação com o Líder da Iniciativa, para o cumprimento das metas da Iniciativa Amazônia Viva da Rede; Colaborar com o monitoramento operacional da execução da LAI; Participar de reuniões de equipe, e outras institucionais e com ou de parceiros da LAI, quando solicitado; Auxiliar novos funcionários da LAI com relação aos procedimentos e as ferramentas utilizadas pelo WWF-Brasil; Atender demandas advindas dos doadores e parceiros da Iniciativa quando aprovadas pelos integrantes da LAI; Atender as demandas pertinentes à Iniciativa advindas da Superintendência de Administração e Finanças, Conservação, Marketing e Comunicação e Coordenação de Recursos Humanos. Dar suporte à Superintendência de Administração e Finanças em auditorias de Contratos de Parceiros; Auxiliar outro programa ou unidade do WWF-Brasil, na ausência de seu assistente ou quando necessário; e Demais atividades pertinentes à função, solicitadas pelo supervisor.


Informações referentes à empresa
O WWF-Brasil é organização não-governamental autônoma dedicada à conservação da natureza.

Remuneração oferecida - A Combinar


Competências e habilidades desejadas
Experiência em secretariado e tarefas administrativas;
Forte senso de organização;
Capacidade de trabalhar em equipe; 
Bom conhecimento e fluência nas línguas inglesa e portuguesa (obrigatório) e espanhola (muito desejável); 
Capacidade de utilizar os softwares e equipamentos necessários para o bom desempenho da função; 
Boa redação de textos e documentos; 
Bom relacionamento interpessoal;
Capacidade de proporcionar um bom atendimento ao público interno e externo; 
Facilidade em transmitir informações com clareza e objetividade (oral e escrita);           
Iniciativa, dinamismo e criatividade; 
Pontualidade nos compromissos;
Formado(a) em secretariado

Qualificações e conhecimentos desejados
 Conhecimento da legislação que rege acordos e contratos;
Experiência ou conhecimento do funcionamento de organizações não-governamentais, associações de base e da sociedade civil em geral;

Disponibilidade para viajar a trabalho, eventualmente.
Idioma desejado/proficiência
Inglês - Domínio completo do idioma
Local de trabalho - Brasília

Benefícios da vaga
Os benefícios incluem:
Seguro saúde:
Seguro de vida;
Auxílio odontológico;
Ticket alimentação/refeição.

Salário compatível com o cargo, formação profissional e experiência de trabalho.
Observações complementares

Outras Especificações Desejáveis:

Fluência oral e escrita em outras línguas estrangeiras;

Experiência de secretariado em nível de presidência ou diretoria em organismos internacionais ou empresas multinacionais.


FONTE: https://www.elancers.net

Vagas para a área de Secretariado

Empresa brasileira com atuação internacional especializada em soluções para automatização de GRC – Governança, Riscos e Compliance, busca profissional para compor seu quadro administrativo.


Assistente Administrativo (v890878)
PERFIL TÉCNICO
Formação superior completa em secretariado
Experiência em serviços administrativos, contas a pagar e receber;
Experiência no controle de agendas e de viagens;
Possuir boa redação e oratória
Falar o idioma Inglês

PERFIL COMPORTAMENTAL
Dinamismo; pró-atividade; excelente relacionamento interpessoal; comunicativo e organizado

PRINCIPAIS DESAFIOS/RESPONSABILIDADES
Será responsável pelo controle de agenda de viagens;
Compra e distribuição de passagens áreas, 
Controle de suprimentos e das contas a pagar/receber; 
Atendimento aos gestores.
Informações: 
http://www.vagas.com.br/vagas/v890878/assistente-administrativo


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Vaga para Secretária (o) Senior em Brasília

Vaga para Secretária (o) Senior 


Ensino Superior completo em Secretariado Executivo. Experiência em secretariado de alta gestão, Atendimento, Controle de Agenda, Organização de Reuniões e Eventos, Planilhas e Relatórios, Reservas, Controle de materiais de escritório. Conhecimentos em pacote Office e Redação Oficial. Desejável possuir dois idiomas podendo ser Francês, Inglês ou Espanhol.


Fonte:
http://www.somadesenvolvimento.com.br/paginas/frame_somaoportunidades.htm