quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Adivinha quem é?



Que coisa mais desconcertante é receber uma mensagem no celular sem a assinatura do destinatário! "Oi, tudo bem? pode me enviar o contrato com a Business Company? Me envie também os dados do Diretor". 

Quando recebo mensagens nesse formato, costumo redigir, apagar, redigir novamente e apagar. Isso tudo porque temo não ser educada ao fazer a simples pergunta "Quem está escrevendo?". Sim, porque não necessariamente devo ter aquele n. registrado em meu telefone. 

Não seria mais fácil se a pessoa do outro lado se identificasse? "Oi, tudo bem? pode me enviar o contrato com a Business Company? Me envie também os dados do Diretor - Judith". 

O mesmo acontece quando algumas pessoas nos ligam e inciam um discurso como se o outro fosse obrigado a reconhecer a voz e esquecem a quantidade de pessoas que falamos ao longo do dia, do mês, do ano.... 

Definitivamente brincar de "adivinha quem é" é constrangedor. Para quem erra a pergunta e para quem ouve a resposta errada. 

Então, que tal "economizar" algo o que anda escasso - TEMPO -  e ir direto ao ponto? 

Enviando uma sms ou realizando uma chamada telefônica facilite e identifique-se, porque o óbvio para alguns é incompreensível para outros. Não é óbvio? 

Um abraço, 

Simara Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário