segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Objetividade é o ponto



Judith é uma ótima Secretária Executiva, possuidora das habilidades necessárias para assessorar seus Executivos. Entretanto, sempre que precisa responder algum questionamento de seu gestor imediato faz um certo “rodeio”. O que constantemente o irrita e o faz retrucar com a seguinte solicitação: “Responda o que eu perguntei”. A resposta que ele quer ouvir de Judith é muito simples: SIM ou NÃO. 

O exemplo acima, embora fictício, pode ser facilmente identificado por alguns de nós. Quem já não fez “rodeios” ao responder uma simples pergunta do gestor imediato? muitas vezes por insegurança ou porque não obtínhamos a resposta? 

Em um mundo cada vez mais dinâmico a objetividade tornou-se palavra de ordem. Para entender a questão inverta os “papéis” e reflita: O que você gostaria ouvir ao fazer um questionamento? 

Os profissionais possuidores dessa habilidade conseguem canalizar as informações e demandas de forma mais eficaz, o que para a empresa significa geração de negócios e resultados. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário